Siga-nos nas redes

País

580 pessoas com alta permanecem nos hospitais à espera de respostas sociais e cuidados continuados

Publicado

em

Quinhentas e oitenta pessoas com alta hospitalar permanecem internadas e a aguardar vaga nas respostas sociais e nos cuidados continuados, segundo o coordenador do Plano Nacional do Envelhecimento Ativo, que defende uma maior aposta no apoio domiciliário.

Em declarações à agência Lusa, Nuno Marques lembrou que desde 2020 e até segunda-feira foram colocados em respostas sociais 6.496 utentes que estavam em hospitais, sublinhando que a estratégia de coordenação com as respostas sociais existe e que, só este ano, foram colocadas 1.292 pessoas em lares, numa ação conjunta entre a Segurança Social e a Saúde.

(continue a ler o artigo a seguir)


Emissão em direto da Fama Rádio e Televisão também disponível na Smart tv da sua casa. Instale grátis!



A propósito do alerta lançado na segunda-feira pelo Hospital de Santa Maria, que revelou estar a ter dificuldades de internar doentes por ter cerca de 50 camas ocupadas com utentes que já têm alta mas aguardam transferência para respostas sociais e de cuidados continuados, Nuno Marques sublinhou a necessidade de apostar mais no apoio domiciliário.

“Se conseguirmos otimizar e melhorar a resposta no domicílio, muitas vezes as pessoas poderão conseguir ir para as suas casas com algum apoio da família e destas equipas especializadas”, afirmou o responsável, sublinhando que “o foco tem de ser colocar o máximo de pessoas possível no domicílio”, para reduzir o número de pessoas que estão institucionalizadas.

Isto poderá “abrir vagas [nas instituições] para aquelas [pessoas] que realmente necessitam de estar nas instituições”.

Segundo explicou, as 580 pessoas que aguardam vaga são maioritariamente utentes com alguma dependência, mas não são exatamente casos sociais.

“O número de pessoas com uma situação puramente social [pessoas que não têm domicílio] é muito baixo (…). O que se passa é que as pessoas, muitas vezes, têm uma situação de saúde agudizada (…) e isso aumenta-lhes a dependência”, explicou.

Nuno Marques sublinhou a diferença entre casos sociais e casos que têm alguma dependência, sublinhando: “Quando aqui se fala em casos sociais, não é disso que nós estamos a falar. Nós estamos a falar de pessoas que têm uma necessidade social para dar uma resposta à sua dependência física ou mental”.

Defende que o sistema precisa de evoluir e estar mais focado nas necessidades das pessoas, reconhecendo que a questão do financiamento “terá de acompanhar essa evolução”.

“Isto vai dotar também as instituições de um financiamento mais adequado para os utentes que eles têm e a que estão a dar suporte”, acrescentou.

Em setembro, os dados avançados pelo diretor-executivo do Serviço Nacional de Saúde – referentes a 31 de agosto – indicavam que estavam 1.600 doentes internados inapropriadamente a aguardar resposta social e vagas na Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Publicidade Publicidade

LER JORNAL

pub

Artigos Recentes

Desportohá 10 horas

Hóquei: FAC recebe CH Carvalhos, último classificado, este sábado

A equipa de hóquei em patins do Famalicense Atlético Clube disputa, este sábado, a jornada n.º 19 do principal campeonato...

Famalicãohá 11 horas

Famalicão: Sabores do concelho em destaque na Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL)

Na Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL), a mais significativa feira do setor turístico em Portugal, Famalicão está presente para...

Famalicãohá 11 horas

Famalicão: Presidente Mário Passos subscreve petição a reclamar obras urgentes na EN 206

O presidente da Câmara de Famalicão anunciou que assinou a petição recentemente lançada por um conjunto de cidadãos que reclama...

Desportohá 12 horas

Famalicão: Campeão Nacional Tiago Reis inicia novo ataque ao “N.º1” em mais uma época do Campeonato de Portugal de Todo-o-Terreno

Este fim-de-semana marca o regresso de Tiago Reis às competições, com a sua participação na primeira prova do Campeonato de...

Famalicãohá 13 horas

Famalicão: Sexta-feira com previsão de chuva e chuveiros durante todo o dia

Famalicão espera, esta sexta-feira, um dia de chuva onde esta se deverá fazer sentir de forma mais constante do que...

Desportohá 14 horas

Famalicenses sagram-se bicampeões de Boccia Sénior

No passado dia 28 de fevereiro, em Torres Novas, decorreu o Campeonato Nacional de Boccia Sénior Fase Final, Individual, 2023/2024,...

Paíshá 15 horas

Novas regras para a carta de condução visam condução de carros e camiões a partir dos 17 anos

Com 339 votos a favor, 240 contra e 37 abstenções, os Membros do Parlamento Europeu aprovaram uma proposta que prevê...

Paíshá 16 horas

Trio detido após assaltar casa de casal idoso em Matosinhos. Homem de 82 anos necessitou de tratamento hospitalar

Na madrugada de 28 de fevereiro, por volta das 03H30, na avenida Engenheiro Duarte Pacheco, em Matosinhos, o Comando Metropolitano...

Famalicãohá 18 horas

Famalicão: Luís Montenegro e Nuno Melo trazem campanha da AD ao Mercado Municipal este sábado

A Aliança Democrática traz o seu presidente Luís Montenegro e famalicense Nuno Melo do CDS-PP em campanha eleitoral a Famalicão,...

Famalicãohá 18 horas

Lés a Lés nos Passos de Oliveira Santa Maria

No próximo fim de semana, 2 e 3 de março, a freguesia de Oliveira Santa Maria acolhe a procissão do...

Arquivo

Mais Vistos