Siga-nos nas redes

Famalicão

PS de Famalicão aponta descontentamento de habitantes e lojistas com obras no centro da cidade

Publicado

em

O Secretariado da Concelhia do Partido Socialista de Vila Nova de Famalicão organizou, no sábado, dia 28 de janeiro, uma visita ao centro da cidade. Eduardo Oliveira, presidente do PS V.N.Famalicão, visitou o centro urbano da cidade acompanhado por vereadores, deputados municipais, membros das assembleias de freguesia de Famalicão e Calendário, e de Antas e Abade de Vermoim, além de outros militantes socialistas.
Durante a visita a comitiva socialista verificou o atual estado do centro da cidade e ouviu pessoas e lojistas do comércio tradicional. “Passados apenas dois meses da inauguração, o que vimos e ouvimos foi um cenário desolador. Existe um grande descontentamento acerca destas obras. As pessoas reclamam da falta de estacionamento, comerciantes queixam-se de ter lojas vazias e de que os negócios não estão a correr bem”, destaca Eduardo Oliveira, referindo que a auscultação dos comerciantes confirma aquilo que os socialistas já antecipavam no decorrer das obras.
“Essas obras mal planeadas e mal executadas foram e continuam a ser sinónimo de prejuízo para o comércio local. Os sucessivos atrasos trouxeram prejuízos aos nossos comerciantes e problemas a quem vive e trabalha na cidade e mesmo após a conclusão das obras a situação não melhorou”, refere Eduardo Oliveira.
A redução do número de lugares de estacionamento, a dificuldade em circular na cidade a pé, e a ausência de um bom fluxo de transportes públicos são alguns dos obstáculos que afastam as pessoas do comércio no centro da cidade.
Além disso, o PS V.N.Famalicão aponta outros problemas como, por exemplo, as despesas e os transtornos com a manutenção dos estragos que já eram visíveis mesmo antes da inauguração das obras.
“Em fevereiro do ano passado questionei Mário Passos sobre alguns dos problemas auscultados junto da comunidade, nomeadamente o mau estado das obras no centro da cidade, com pedras soltas e partidas, e a degradação de áreas recém-intervencionadas. Na altura, o presidente da Câmara admitiu que as pedras partidas e soltas foram fruto da pressa e que estava a aguardar um levantamento sobre os custos”, refere Eduardo Oliveira, destacando que “passado um ano, nada foi feito e está a vista de todos o lastimável estado do centro da cidade após uma obra de 10 milhões de euros”
Para o vereador socialista, “a generalidade das empreitadas lançadas pela Câmara de Famalicão é dominada por um traço comum preocupante: é que todas dão problemas”. “É rara a obra que cumpra o caderno de encargos e o orçamento e que seja inaugurada no tempo previsto”, destaca Eduardo Oliveira, apontando, entre os exemplos, as obras no mercado municipal, na central de camionagem, na biblioteca, nas ciclovias, etc.
“O território famalicense, que sempre beneficiou da capacidade empreendedora das suas gentes, não pode continuar a sofrer prejuízos que são frutos desta gestão sem planos e perspetivas de uma velha maioria PSD-CDS, que decide em prol dos amigos e deixa de lado as necessidades dos famalicenses”, destaca Eduardo Oliveira.
Umas das conclusões desta visita é a opinião das pessoas ser completamente diferente aos vários “foguetes” de sucesso que a Câmara Municipal de Famalicão na pessoa do Senhor Presidente, tem vindo a lançar.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Publicidade Publicidade

LER JORNAL

pub

Artigos Recentes

Desportohá 6 horas

Veja os Golos! FC Arouca 3-2 FC Famalicão

Veja em baixo os lances de golo da partida entre o FC Famalicão e o FC Arouca a contar para...

Desportohá 7 horas

RELATO | FC Arouca x FC Famalicão

Acompanhe aqui em direto todas as emoções do jogo entre o Futebol Clube de Arouca e o Futebol Clube de...

Famalicãohá 8 horas

Famalicão: Veículo parcialmente consumido por incêndio na Avenida 25 de Abril

Um incêndio deflagrou, ao final da tarde desta sexta-feira, num veículo ligeiro que circulava na Avenida 25 de Abril, em...

Famalicãohá 9 horas

Famalicão: Sara Barros Leitão apresenta “Guião para um país possível” na Casa das Artes a 15 e 16 de março

A atriz e dramaturga Sara Barros Leitão vai levar o espetáculo “Guião para um país possível” a 15 cidades portuguesas...

Famalicãohá 9 horas

Famalicão: Chuva prevista ao longo de todo dia este sábado

Famalicão espera, este sábado, um dia de chuva que se deverá fazer sentir ao longo de todo o dia e...

Famalicãohá 9 horas

Famalicão: Câmara questionada pelo PS sobre presença de arsénio no terreno do futuro Terminal Ferroviário

A presença de arsénio nos terrenos para onde está prevista a construção do terminal rodoferroviário da Medway, em Lousado, foi...

Desportohá 10 horas

FC Famalicão apresenta nova secção de BTT

O FC Famalicão apresenta a sua nova secção de BTT, um coletivo composto por 14 atletas, abrangendo diversos escalões, desde...

Paíshá 10 horas

Membros de 64 coletivos saem à rua este sábado para se manifestarem contra o racismo e xenofobia

Um grupo de 64 coletivos está a convocar uma manifestação contra o racismo, a xenofobia e o fascismo para sábado,...

Famalicãohá 11 horas

Rotary Club de Famalicão comemora mais um aniversário e traça projetos para o futuro

O Governador do Distrito Rotário 1970, Duarte Besteiro, realizou uma visita ao Rotary Club de V. N. de Famalicão esta...

Famalicãohá 12 horas

Famalicão: A dança, pela Companhia ITZ-Intranzyt, está de volta à Casa das Artes

A dança e as emoções regressam à Casa das Artes de Famalicão com uma nova criação do coreógrafo chinês Menghan...

Arquivo

Mais Vistos