Siga-nos nas redes

Guimarães

PJ desmantelou laboratório de transformação de estupefacientes em Guimarães

Publicado

em

A Polícia Judiciária (PJ) anunciou hoje o desmantelamento de um laboratório de transformação de estupefacientes de cariz internacional, localizado no concelho de Guimarães, distrito de Braga, e a detenção de quatro arguidos, que ficaram em prisão preventiva.

Em comunicado, a PJ refere que, no âmbito de inquérito titulado pelo Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Vila Nova de Famalicão, “procedeu à identificação de um laboratório de transformação de pasta de coca em cloridrato de cocaína (estupefaciente para consumo humano)” e a detenção de quatro elementos indiciados por tráfico de estupefacientes agravado, por associação criminosa, por branqueamento de capitais e por detenção de arma proibida.

(continue a ler o artigo a seguir)


Emissão em direto da Fama Rádio e Televisão também disponível na Smart tv da sua casa. Instale grátis!



“As intensas diligências encetadas nos últimos meses permitiram à Polícia Judiciária a recolha de informação e consequente obtenção de vasta matéria probatória que culminou com a localização de uma residência em local rural e isolado, na freguesia de Gondomar, Guimarães, a qual servia de albergue a um laboratório de dimensões consideráveis, onde, diariamente e de forma contínua, dois indivíduos procediam ao processo de transformação de pasta de coca em produto final ilícito, apto ao consumo humano”, explica a PJ.

Esta força de investigação criminal sublinha que a “rede internacional assentava em indivíduos estrangeiros, de pelo menos duas nacionalidades distintas”.

“Que, tendo chegado a território nacional há alguns meses, aqui, numa organização transacional, procederam ao arrendamento de uma habitação, onde vieram a colocar diverso material composto por ácidos, químicos, artefactos, ventiladores, prensas, decantadores, os quais utilizaram para procederem ao processo de transformação”, frisa a PJ.

Após a sinalização de um dos elementos principais da rede em causa, foi possível, segundo a PJ, “aquilatar-se o modo de funcionamento da organização, com chegada quase diária de ‘correios de droga’ que transportavam pasta de coca, dissimulada, proveniente da América do Sul”.

Estes ‘correios de droga’ “efetivavam a entrega do produto ilícito” a um dos detidos, tendo por destino final o laboratório, “onde se encontravam mais dois indivíduos a laborar a tempo total e em exclusivo”.

A PJ revela que ao início da noite de sexta-feira (10 de novembro), em cumprimento de diversos mandados de busca, foi desencadeada a operação “que culminou com a detenção de quatro indivíduos estrangeiros, três em flagrante delito e um em cumprimento de mandado de detenção emitido pela Autoridade de Polícia Criminal”.

“Na abordagem à residência onde operava o laboratório, que se encontrava em pleno funcionamento, foi possível constatar a presença de diverso material, centenas de litros de químicos, benzinas, ácidos e outros, bem como toda uma estrutura e parafernália apta a produzir, em processo contínuo, mais de uma centena de quilogramas de cocaína por semana”, lê-se no comunicado.

No cumprimento do mandado de busca à residência onde se encontrava o laboratório, estiveram presentes duas magistradas do Ministério Público e três especialistas do Laboratório de Polícia Cientifica da Diretoria do Norte da PJ.

“Foi possível assim proceder-se ao desmantelamento do mesmo, com apreensão de pasta de coca e cocaína, em valor que se estima de cerca de cinco dezenas de quilogramas, suficientes para cerca de 250.000 doses individuais. Foram ainda apreendidas armas de fogo e munições, uma viatura, mais de 17.000 euros, moeda estrangeira”, salienta a PJ.

Esta força de investigação criminal acrescenta que, para se consumar o desmantelamento do laboratório, contou com o apoio do Comando Sub-Regional do Ave da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) e dos serviços de apoio da Câmara de Guimarães.

Os quatro detidos, indiciados pelos crimes de tráfico de estupefacientes agravado, associação criminosa, branqueamento de capitais, detenção de arma proibida e, eventualmente (necessitando de matéria probatória a consolidar), poluição com perigo comum, foram presentes, no sábado, ao Tribunal de turno de Vila Nova de Famalicão, tendo-lhes sido decretada a medida de coação de prisão preventiva.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Publicidade Publicidade

LER JORNAL

pub

Artigos Recentes

Regiãohá 38 minutos

Homem de 23 anos detido por violência doméstica sobre pai e avó e tráfico de droga em Santo Tirso

O homem de 23 anos, suspeito de violência doméstica, ameaças agravadas e tráfico de estupefacientes, foi detido em flagrante pelo...

Desportohá 1 hora

Antigo treinador Artur Jorge faleceu aos 78 anos

Artur Jorge, antigo selecionador português e treinador campeão europeu pelo FC Porto, morreu aos 78 anos, anunciou hoje a família...

Famalicãohá 1 hora

Famalicão: Projeto para o terminal ferroviário em Lousado afetado por contaminação de arsénio no solo

Pode ficar inviabilizado devido a um nível muito elevado de arsénio encontrado no solo o terminal rodoferroviário de mercadorias de...

Paíshá 2 horas

Depressão “Louis” chega com chuva vento e agitação marítima

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) elevou para vermelho o aviso meteorológico para sete distritos do continente,...

Paíshá 2 horas

Rei dos Catalisadores julgado por atropelar 3 ciclistas em fuga à PSP

Está prestes a ser julgado, neste mês de Março, o Rei Dos Catalisadores, alcunha pela qual é conhecido Vítor Macedo....

Famalicãohá 3 horas

União de Freguesias de Carreira e Bente dá as boas vindas ao novos bebés com vales de apoio à natalidade

A União de Freguesias de Carreira e Bente segue com o seu programa de apoio à natalidade “Olá Bebé”. Esta...

Famalicãohá 12 horas

Chega alega ter sido recebido “aos tiros” em Famalicão. Polícia desmente disparos

O presidente do Chega denunciou esta quarta-feira que a caravana do partido foi recebida por tiros em Vila Nova de...

Desportohá 15 horas

Seleção Nacional de ténis de mesa qualifica-se para os Jogos Olímpicos Paris2024

A seleção portuguesa masculina qualificou-se hoje para o torneio por equipas de ténis de mesa dos Jogos Olímpicos Paris2024, ao...

Economiahá 16 horas

Polónia ultrapassa Portugal no valor do salário mínimo

Portugal desceu uma posição na tabela e agora tem o 11º salário mínimo mais alto da União Europeia. De acordo...

Famalicãohá 17 horas

Famalicão: “Máximas” descem dos 23.º para os 15.º graus esta semana. Chuva vai fazer-se sentir esta quinta-feira

Famalicão espera, esta quinta-feira, um dia de chuva (com probabilidade de 100%) assim como uma descida da temperatura máxima, gradual...

Arquivo

Mais Vistos