Siga-nos nas redes

Barcelos

Enfermeiros do Hospital de Barcelos “exaustos e sem capacidade” para prestar devidos cuidados aos doentes -sindicato

Publicado

em

Os enfermeiros do Hospital Santa Maria Maior, em Barcelos, estão “exaustos e sem capacidade para prestar todos os cuidados de saúde que deveriam ser prestados aos doentes”, sobretudo no piso de Ortopedia e Cirurgia, denunciou hoje fonte sindical.

Em comunicado, o Sindicato dos Enfermeiros (SE) refere que no piso daquelas especialidades aumentou o número de camas e diminuiu o de enfermeiros, “o que está a obrigar” muitos daqueles profissionais a disponibilizarem tempo de descanso para fazer turnos extra.

O presidente do sindicato, Pedro Costa, diz que a situação é transversal a todo o hospital mas ganha particular acuidade no piso de Ortopedia e Cirurgia, “que passou das 33 para as 37 camas, tendo o número de enfermeiros diminuído de 37 para 26”.

“Em alguns turnos, em vez dos sete enfermeiros escalados, só quatro ou cinco estão efetivamente ao serviço, muitas vezes porque abdicam de tempo de descanso para fazer turnos extra e, assim, diminuir o risco de ausência de cuidados de saúde pelos doentes”, acrescenta.

Contactado pela Lusa, o presidente do conselho de administração do hospital do distrito de Braga, Joaquim Barbosa, adiantou que no início da próxima semana deverão estar ao serviço mais três enfermeiros expressamente para acudir àquele piso.

“Logo a seguir, contamos contratar mais nove enfermeiros”, referiu.

Segundo Pedro Costa, as principais causas para o “caos” instalado naquele piso “centram-se na taxa de absentismo por doença, que, sendo similar à do primeiro semestre, não foi tida em conta na segunda metade de 2023”.

Adicionalmente, “vários enfermeiros aposentaram-se ou foram mobilizados para outras unidades de saúde, sem que tenham sido substituídos”.

A escassez de recursos humanos, adiantou, já levou os enfermeiros de Barcelos a adotar medidas preventivas.

“Os colegas estão exaustos e não conseguem fazer todo o serviço”, diz Pedro Costa.

Por isso, em muitos casos, “ajustam os cuidados de saúde prestados em função do número de enfermeiros escalados, quase como se estivessem a prestar cuidados mínimos em dias de greve”.

O presidente do conselho de administração contrapõe que uma parte do problema se relaciona com o facto de alguns enfermeiros terem sido promovidos, seja a especialistas seja a gestores.

“Mas, se tudo correr bem, nas próximas semanas o problema estará resolvido”, referiu.

Entretanto, o Sindicato dos Enfermeiros admite a possibilidade de adotar “medidas mais duras”.

“É inaceitável que a solução para a escassez de recursos humanos seja sempre a disponibilidade dos enfermeiros para fazer mais um turno, para descansarem menos um dia, para darem mais um pouco a quem lhes tem dado cada vez menos”, frisou Pedro Costa.

PARTILHE ESTE ARTIGO:

PASSOU EM DIRETO

Publicidade Publicidade

pub

LER JORNAL

Artigos Recentes

Paíshá 54 minutos

GNR transportou 189 órgãos este ano e percorreu 38.902 km para “salvar vidas”

A Guarda Nacional Republicana (GNR) efetuou desde o início do ano de 2024 o transporte de 189 órgãos. No total,...

Paíshá 1 hora

A Cruz Vermelha efetua recolha de alimentos em supermercados

A campanha de recolha de alimentos Vale+, da Cruz Vermelha Portuguesa, decorre hoje e domingo em perto de 600 supermercados...

Guimarãeshá 13 horas

Homem de 70 anos detido com mais de 100 doses de cocaína em Guimarães

Um homem de 70 anos foi detido pela PSP, esta quinta-feira, na cidade de Guimarães pelaprática do crime de tráfico...

Famalicãohá 15 horas

Programa “Move-Te” levou exercício físico ao ar livre a mais de 2.500 famalicenses

No decorrer das últimas quatro semanas, mais de 2.500 famalicenses puderam participar nas atividades de desporto ao ar livre promovidas...

Famalicãohá 16 horas

Famalicão: Chuva está de regresso este sábado

A chuva está de regresso, este sábado, ao concelho de Famalicão, para um dia em que se regista também uma...

Famalicãohá 17 horas

Famalicão: Colisão entre carro e motociclo faz um ferido em Outiz

Uma pessoa ficou ferida, na tarde desta sexta-feira, na sequência de uma colisão entre uma mota e um veículo ligeiro,...

Desportohá 17 horas

Kickboxer famalicense Sofia Oliveira disputa combate de K1 em Mirandela

A lutadora de artes marciais famalicense Sofia Oliveira desloca-se até Mirandela, para disputar um combate oficial da World Association of...

Famalicãohá 18 horas

Famalicão: CIOR avança com a construção do seu novo Centro Tecnológico Especializado

A Escola Profissional CIOR já iniciou o processo de obras com vista à instalação e equipamento do CTE-Centro Tecnológico Especializado...

Desportohá 19 horas

Famalicão: Jogadores de xadrez tentam entrar para o livro dos recordes do Guiness em S. Cosme

O Clube de Xadrez A2D de Famalicão, a Federação Internacional de Xadrez (FIDE), a Federação Portuguesa de Xadrez (FPX) e...

Famalicãohá 20 horas

Famalicão: Antas apresenta a sua Mostra Comunitária entre 27 e 28 de julho

A freguesia de Antas apresenta, nos dias 27 e 28 de julho, a sua Mostra Comunitária, onde diversas entidades e...

Arquivo

Mais Vistos