Siga-nos nas redes

País

Ordem dos Nutricionistas critica Governo por não ter cortado o IVA nos alimentos essenciais tal como a Espanha

Publicado

em

A Ordem dos Nutricionistas de Portugal criticou o governo por “inacção nacional” ao não agir prontamente para ajudar os cidadãos em dificuldades a comprar alimentos básicos.

Em Outubro, a Ordem defendeu o corte do IVA nos chamados “alimentos essenciais”, salientando que os impostos actuais acrescentam cerca de 545 euros por mês à factura alimentar da família média.

emissão em direto da famatv

Esta semana, a Espanha avançou e fez exactamente o que a Ordem sugeriu para Portugal. Os cidadãos espanhóis irão beneficiar de “uma medida excepcional” tomada “numa altura excepcional”, considera Alexandra Bento, presidente do corpo de nutricionistas portugueses – enquanto que os portugueses (que geralmente ganham muito menos do que os espanhóis) não o farão.

“Esta é uma medida que deveria ter sido considerada no Orçamento de Estado para 2023 para ajudar as famílias portuguesas a enfrentar o próximo período, que, com a combinação da inflação e da crise energética, não será fácil”, disse ela numa declaração dura.

Bento argumenta que “o Estado social tem deveres para com os seus cidadãos e não deve, nem pode, deixar ninguém para trás”.

No entanto, admite, “Portugal não quis” tomar a iniciativa, mesmo quando as razões para tal foram expostas de forma tão categórica.

Como Alexandra Bento sublinhou em Outubro, não reduzir os impostos sobre alimentos essenciais era restringir os direitos dos cidadãos a uma alimentação adequada.

A sua proposta (que implicava a remoção total do IVA dos alimentos que actualmente pagam uma taxa de 6%) baseava-se numa directiva europeia de Abril que diz que cada país da União Europeia tem agora uma margem para rever a sua estrutura de taxas de IVA sobre certos produtos, para responder mais adequadamente aos problemas sociais da sua população.

Os produtos considerados essenciais para uma dieta saudável são pão, arroz, massas, legumes, fruta, leite, iogurte, queijo, carne, peixe, ovos, leguminosas secas, leguminosas frescas, manteiga e azeite.

Como Alexandra Bento explicou em Outubro: “O que conseguimos compreender é que, com o actual IVA, esta típica família com este cesto de alimentos essenciais (…) gastaria cerca de 126 euros por semana, o que significa que por mês seria cerca de 545 euros e por ano 6.594 euros”.

O Primeiro-Ministro espanhol Pedro Sanchèz anunciou ontem vários níveis de redução do IVA. Os alimentos básicos com taxas de IVA de 5% estão a ser completamente aliviados do imposto (estes incluem pausas, fruta, leite, legumes e legumes), enquanto que os da ordem dos 10% estão a ser reduzidos para 5%.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Publicidade Publicidade

pub

LER JORNAL

Artigos Recentes

Desportohá 31 minutos

Famalicenses da Jing-She conquistam medalhas de ouro no 1º Campeonato Nacional de Iniciados de Wushu

Este último sábado assinalou mais um dia de competições para os atletas da Jing-She – Assoc. Desportiva Escola de Wushu,...

Desportohá 1 hora

Futsal: Outeirense e Landim já estão na ‘final-four’ da Taça Concelhia

Aproxima-se a realização da ‘final-four’ da Taça Concelhia da Associação de Futsal Amadora de Famalicão de seniores, que se realiza...

Paíshá 1 hora

Papa Francisco: Congresso Eucarístico de Braga deverá ser “passo adiante” na vida da Igreja

O Papa Francisco manifestou hoje desejo de que o Congresso Eucarístico Nacional, que se realiza entre sexta-feira e domingo em...

Desportohá 2 horas

Famalicão: Afonso Carvalho do RAHC convocado pela Seleção AP Minho Sub-15

Afonso Carvalho, atleta dos escalões de formação de hóquei em patins do Riba d’Ave HC foi recentemente convocado para integrar...

Famalicãohá 3 horas

Famalicão: DJ Padre Guilherme anima “Sunset Solidário” dos Bombeiros Voluntários Famalicenses

Os Bombeiros Voluntários Famalicenses convidam para o “Sunset Solidário Guita”, a realizar no dia 28 de julho (domingo), com a...

Famalicãohá 3 horas

Famalicão: Corte do abastecimento de água em Esmeriz esta terça-feira

Esta terça-feira irá assinalar um corte do abastecimento de água na freguesia de Esmeriz, informou a Câmara Municipal de Famalicão....

Famalicãohá 16 horas

Solidariedade dos famalicenses valeu mais de 13 toneladas para o Banco Alimentar

O concelho de Famalicão contribuiu com mais de 13 toneladas de bens para o Banco Alimentar Contra a Fome, na...

Desportohá 17 horas

Famalicão: Desportivo de São Cosme despede-se do treinador Zé Tó assinalando trabalho exemplar

O clube Desportivo de São Cosme anunciou, esta segunda-feira, a saída do treinador Zé Tó, após “anos de dedicação” ao...

Desportohá 18 horas

Fernando Pimenta conquistou 3.ª medalha de ouro na Taça do Mundo de velocidade em Poznan

O canoísta português Fernando Pimenta arrecadou, este domingo, a terceira medalha de ouro na Taça do Mundo de velocidade em...

Desportohá 18 horas

Defesa do FC Famalicão convocado para disputar o Euro 2024 pela seleção da Albânia

O defesa do FC Famalicão Enea Mihaj foi convocado para representar a sua seleção nacional no Euro 2024, que se...

Arquivo

Mais Vistos