Siga-nos nas redes

País

Ana Gomes afirma que partido Chega não deveria ter sido legalizado

Publicado

em

Alegando serem uma força política que “claramente põe em causa a Constituição”, a candidata presidencial Ana Gomes considerou hoje que o partido Chega não deveria ter sido legalizado.

“Era obrigação do Presidente da República dizer ao Tribunal Constitucional e à Procuradoria Geral da República que deveriam atuar para não permitir a legalização de uma força que claramente põe em causa a Constituição”, considerou Ana Gomes, falando aos jornalistas em Ponta Delgada.

(continue a ler o artigo a seguir)


Emissão em direto da Fama Rádio e Televisão também disponível na Smart tv da sua casa. Instale grátis!



A antiga eurodeputada do PS falava antes de um encontro com apoiantes açorianos da sua candidatura a Belém.

Sobre os Açores, e a solução de governo encontrada recentemente, com apoio parlamentar do Chega, Ana Gomes distingue os três partidos que formam o executivo, numa “solução de alternância democrática”, da existência de um acordo de incidência parlamentar com os dois deputados eleitos pelo partido de André Ventura.

“O que me preocupa é que essa solução de governo para os Açores venha a ser replicada para a República e normalize uma força política que tem o objetivo de destruir a Constituição”, insistiu.

Ana Gomes considera o atual Presidente da República e candidato a reeleição, Marcelo Rebelo de Sousa, o “artífice” do entendimento de viabilização do executivo, e advoga que o Representante da República para a região, “zeloso cumpridor de instruções” e “distinto servidor da causa pública”, não teve a “originalidade ou ousadia” para tal.

Já no que refere à polémica em torno do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), a candidata sustentou haver um “problema sistémico” em várias forças de segurança no país, pedindo investimento em equipamentos e também formação, defendendo ainda que estas “não sejam permeáveis à infiltração” da extrema-direita.

“À partida não me parece que a solução seja extinguir o SEF ou transferir competências para outras polícias”, advogou, reiterando apelos ao investimento humano e técnico.

Ana Gomes lamentou ainda novamente o “hediondo crime” cometido sobre Ihor Homenyuk em março.

Tal, sustentou, “a todos magoa e claramente macula a imagem de um Portugal democrático” e “respeitador dos direitos humanos”.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Publicidade Publicidade

LER JORNAL

pub

Artigos Recentes

Economiahá 1 hora

Prazo para validar faturas alargado até esta quarta-feira

A Autoridade Tributária (AT) prolongou por dois dias, até quarta-feira, o prazo para a validação de faturas relativas a 2023...

Desportohá 2 horas

Famalicense Joaquim Cruz conquista medalhas de prata e bronze nos Campeonatos Nacionais de Veteranos em Pista Coberta em Pombal

O atleta Joaquim Cruz, da vila de Ribeirão participou, este fim de semana, nos Campeonatos Nacionais de Veteranos em Pista...

Desportohá 3 horas

Famalicão: Atletas da escola JING-SHE concluem fase de apuramento para a Seleção Nacional Júnior

A Jing-She Escola de Wushu Kungfu de Famalicão levou três atletas (Lara Marques, com 13 anos, Tomás Marques, com 18...

Famalicãohá 4 horas

Famalicão: “Mínimas” descem até aos 3.º graus em quarta-feira sem chuva

Famalicão espera, esta quarta-feira, mais um dia sem chuva, embora com céus nublados, assim indicam as previsões do Instituto Português...

Bragahá 4 horas

PJ desmantela suposta rede de burlas com cartões de crédito na região de Braga

A Polícia Judiciária deteve hoje cinco homens e uma mulher “fortemente indiciados” por crimes de associação criminosa, contrafação de cartões...

Famalicãohá 5 horas

Famalicão: Torneio Inter-Bombeiros presta homenagem ao “camarada” Sérgio Azevedo recentemente falecido

Foi homenageado, este fim de semana no Torneio 24 horas Inter-Bombeiros realizado pelos Bombeiros Voluntários Famalicenses, Sérgio Azevedo da corporação...

Famalicãohá 6 horas

Famalicão: Análises à concentração de arsénio em Lousado devem abranger rio e campos agrícolas diz o PAN

A necessidade da realização de análises do solo “mais abrangenstes” em Lousado foi destacada pela Comissão Política Concelhia do PAN,...

Regiãohá 7 horas

GNR: Mais de 14 mil pares de calçado contrafeito apreendidos em Vila do Conde. 14 detidos

Esta segunda-feira, a GNR de Vila do Conde deteve sete mulheres e sete homens, cujas idades variam entre os 25...

Famalicãohá 7 horas

Famalicão: Despiste rodoviário em Antas resulta em 2 feridos

Duas pessoas ficaram feridas, ao início da tarde desta terça-feira, na sequência de um despiste rodoviário na Travessa 8 de...

Regiãohá 7 horas

Vila do Conde pondera aplicar taxa turística municipal

Uma taxa turística municipal de um euro por noite, está em discussão pública, no Município de Vila do Conde até...

Arquivo

Mais Vistos