Siga-nos nas redes

Economia

Empresas com quebras a partir de 25% poderão pagar IVA em prestações

Publicado

em

O Governo aprovou hoje, em Conselho de Ministros, um diploma que permite que empresas com uma quebra de faturação de pelo menos 25% possam pagar o IVA em prestações no primeiro semestre de 2021. 

“Foi aprovado o decreto-lei que flexibiliza, no 1.º semestre de 2021, o cumprimento das obrigações tributárias em sede de IVA [imposto sobre o valor acrescentado], como forma de apoiar e reforçar a liquidez das empresas”, lê-se no comunicado do Conselho de Ministros, que hoje se realizou.

(continue a ler o artigo a seguir)


Emissão em direto da Fama Rádio e Televisão também disponível na Smart tv da sua casa. Instale grátis!



“Para o efeito, prevê-se que os sujeitos passivos abrangidos, verificada uma quebra de faturação de, pelo menos, 25% face ao período homólogo, possam efetuar pagamentos em três ou seis prestações mensais, sem juros”, deste imposto, de acordo com a mesma nota.

O Governo já tinha aprovado um regime extraordinário para os pagamentos previstos até dia 30 de novembro, permitindo que micro, pequenas e médias empresas, bem como trabalhadores independentes escolhessem aderir ao faseamento em três ou seis prestações, sem juros.

Assim, o IVA trimestral podia ser saldado até 30 de novembro ou em três ou seis prestações mensais.

O Conselho de Ministros dessa altura aprovou a possibilidade de pagamento a prestações do IVA no mês de novembro de 2020 e de contribuições para a Segurança Social referentes aos meses de novembro e dezembro de 2020.

A medida é idêntica à que foi anunciada no início da pandemia, com a flexibilização dos prazos para o pagamento do IVA.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Publicidade Publicidade

LER JORNAL

pub

Artigos Recentes

Famalicãohá 1 hora

Famalicão: Refood dá a conhecer trabalho desenvolvido no combate ao desperdício alimentar

O núcleo de Famalicão da  Refood, associação que combate o desperdício alimentar e ao mesmo tempo alimenta as pessoas mais...

Famalicãohá 2 horas

Famalicão: Exposição de fotografia mostra aves de Ribeirão 

É inaugurada este domingo, dia 3 de março, nas Piscinas de Ribeirão, Famalicão,  a exposição de fotografia “Ao encontro das...

Famalicãohá 2 horas

Famalicão: incêndio provoca danos materiais num armazém em Joane

Um incêndio provocou, na manhã deste sábado, danos materiais num armazém na vila de Joane, mais concretamente na Avenida Sr....

Paíshá 3 horas

Comboios: foi desconvocada a greve da Infraestruturas de Portugal

A greve dos trabalhadores da Infraestruturas de Portugal (IP) prevista para as próximas terça e quinta-feira foi desconvocada. “A Infraestruturas...

Famalicãohá 4 horas

Famalicão: PS e autarca da UF de Ruivães e Novais “aquecem” sessão da Assembleia Municipal

O presidente da Junta da União de Freguesias (UF) de Ruivães e Novais e a bancada do Partido Socialista envolveram-se...

Paíshá 6 horas

Na próxima semana há nova greve nos comboios. Previstas fortes perturbações para os utentes

Na próxima semana, esperam-se problemas na circulação dos comboios em Portugal Em causa está a greve marcada pelos trabalhadores da...

Famalicãohá 6 horas

Famalicão: Inteligência Artificial é tema para mais uma das Conferências em Educação  

A Escola Padre Benjamim Salgado, em Joane, Famalicão, é o palco para a próxima sessão do Ciclo de Conferências em...

Desportohá 7 horas

Hóquei: FAC e RHAC disputam 19º jornada do campeonato nacional da I Divisão 

Realiza-se, este fim de semana, a 19º jornada do campeonato nacional da I Divisão em Hóquei em Patins. Hoje, sábado,...

Famalicãohá 7 horas

Luís Montenegro encontra-se com jovens em Famalicão este sábado

Luís Montenegro regressará a Famalicão hoje. sábado, para um encontro com jovens de todo o concelho.   O líder da Aliança...

Famalicãohá 20 horas

Famalicão: Festival de Teatro Amador “Terras de Camilo” estreia nova edição este sábado

De 2 de março a 27 de abril, o auditório do Centro de Estudos Camilianos, em Seide, volta a receber...

Arquivo

Mais Vistos