Siga-nos nas redes

País

Vítimas de violência doméstica passam a ter direito a subsídio de desemprego a partir de hoje

Publicado

em

O diploma que alarga o subsídio de desemprego às vítimas de violência doméstica e prevê um incentivo ao regresso ao trabalho para desempregados de longa duração entra hoje, 1 de dezembro, em vigor, após ter sido publicado, ontem, em Diário da República.

Em causa está, no caso das vítimas de violência doméstica, a concretização de uma medida prevista no âmbito do Orçamento do Estado para 2022, através de uma proposta do Livre.

(continue a ler o artigo a seguir)


Emissão em direto da Fama Rádio e Televisão também disponível na Smart tv da sua casa. Instale grátis!



Em declarações à Lusa, fonte oficial do Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social tinha avançado que “as pessoas com estatuto de vítima de violência doméstica, caso cessem o contrato de trabalho, são equiparadas a situações de desemprego involuntário, tendo acesso ao subsídio de desemprego, mesmo que a cessação do contrato seja por sua iniciativa”.

No que diz respeito à parte da medida dirigida aos desempregados de longa duração – que vigora até ao final de 2026 – o objetivo é incentivar o regresso ao mercado de trabalho de pessoas que se encontram a receber subsídio de desemprego há mais de 12 meses.

Para tal, prevê-se que estes desempregados possam acumular parcialmente o subsídio de desemprego com rendimentos de trabalho, após 12 meses de concessão do subsídio, quando aceitem oferta de emprego apresentada pelos serviços públicos nas modalidades sem termo ou a termo certo ou incerto de pelo menos 12 meses.

De acordo com o decreto-lei, o montante do subsídio de desemprego a atribuir aos beneficiários depende da modalidade do contrato de trabalho celebrado, sendo, nos contratos de trabalho sem termo, de 65% entre o 13.º e o 18.º mês; de 45% entre o 19.º e o 24.º mês e de 25% entre o 25.º mês e o final do período de concessão.

Já nos contratos de trabalho a termo certo ou incerto será de 25% entre o 13.º mês e o final do período de concessão do subsídio de desemprego para contratos a termo com duração inicial superior a 12 meses de duração inicial.

Caso se trate de contrato de trabalho a termo certo ou incerto convertido em contratos sem termo aplica-se as condições dos contratos sem termo “com efeitos a partir do mês seguinte à data da respetiva conversão”.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Publicidade Publicidade

LER JORNAL

pub

Artigos Recentes

Paíshá 37 minutos

Trio detido após assaltar casa de casal idoso em Matosinhos. Homem de 82 anos necessitou de tratamento hospitalar

Na madrugada de 28 de fevereiro, por volta das 03H30, na avenida Engenheiro Duarte Pacheco, em Matosinhos, o Comando Metropolitano...

Famalicãohá 3 horas

Famalicão: Luís Montenegro e Nuno Melo trazem campanha da AD ao Mercado Municipal este sábado

A Aliança Democrática traz o seu presidente Luís Montenegro e famalicense Nuno Melo do CDS-PP em campanha eleitoral a Famalicão,...

Famalicãohá 3 horas

Lés a Lés nos Passos de Oliveira Santa Maria

No próximo fim de semana, 2 e 3 de março, a freguesia de Oliveira Santa Maria acolhe a procissão do...

Desportohá 3 horas

Roteiro Associativo com Raquel Cunha, atleta da União Ciclista de Vila Nova de Famalicão.

A nossa convidada de hoje chama-se Raquel Cunha e é uma desportista nata. Começou a praticar BTT há alguns anos...

Famalicãohá 3 horas

Semana Santa de Famalicão é atração religiosa e cultural entre 16 e 30 de março

Entre os dias 16 a 30 de março, Famalicão será o ponto designado para as celebrações da Semana Santa. O...

Bragahá 4 horas

Atropelamento em Fão faz um ferido

Uma pessoa sofreu ferimentos, esta quarta-feira, na sequência de um atropelamento por veículo ligeiro, nas imediações do posto de abastecimento...

Famalicãohá 4 horas

Famalicão: Funeral do bombeiro Fernando Bastos realiza-se esta sexta-feira

Realiza-se esta sexta-feira o funeral de Fernando Rodrigues Pereira Bastos Chefe 3 do Quadro de Honra dos Bombeiros Voluntários Famalicenses,...

Famalicãohá 5 horas

Famalicão: Ribeirão vai ter um passadiço na margem do rio Ave

A Junta de Freguesia de Ribeirão indica o início das obras de requalificação e limpeza das margens do Ave nesta...

Famalicãohá 18 horas

Famalicão: Colisão em Calendário provoca um ferido

Uma pessoa ficou ferida, ao final da tarde desta quarta-feira, na sequência de uma colisão rodoviária na rua Alberto Sampaio,...

Famalicãohá 18 horas

Famalicão: Colisão em Ribeirão faz dois feridos

Duas pessoas ficaram feridas ao final da tarde desta quarta-feira, na sequência de uma colisão rodoviária na Avenida da Industria,...

Arquivo

Mais Vistos