Siga-nos nas redes

País

Vítimas de violência doméstica passam a ter direito a subsídio de desemprego a partir de hoje

Publicado

em

O diploma que alarga o subsídio de desemprego às vítimas de violência doméstica e prevê um incentivo ao regresso ao trabalho para desempregados de longa duração entra hoje, 1 de dezembro, em vigor, após ter sido publicado, ontem, em Diário da República.

Em causa está, no caso das vítimas de violência doméstica, a concretização de uma medida prevista no âmbito do Orçamento do Estado para 2022, através de uma proposta do Livre.

(continue a ler o artigo a seguir)


Emissão em direto da Fama Rádio e Televisão também disponível na Smart tv da sua casa. Instale grátis!



Em declarações à Lusa, fonte oficial do Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social tinha avançado que “as pessoas com estatuto de vítima de violência doméstica, caso cessem o contrato de trabalho, são equiparadas a situações de desemprego involuntário, tendo acesso ao subsídio de desemprego, mesmo que a cessação do contrato seja por sua iniciativa”.

No que diz respeito à parte da medida dirigida aos desempregados de longa duração – que vigora até ao final de 2026 – o objetivo é incentivar o regresso ao mercado de trabalho de pessoas que se encontram a receber subsídio de desemprego há mais de 12 meses.

Para tal, prevê-se que estes desempregados possam acumular parcialmente o subsídio de desemprego com rendimentos de trabalho, após 12 meses de concessão do subsídio, quando aceitem oferta de emprego apresentada pelos serviços públicos nas modalidades sem termo ou a termo certo ou incerto de pelo menos 12 meses.

De acordo com o decreto-lei, o montante do subsídio de desemprego a atribuir aos beneficiários depende da modalidade do contrato de trabalho celebrado, sendo, nos contratos de trabalho sem termo, de 65% entre o 13.º e o 18.º mês; de 45% entre o 19.º e o 24.º mês e de 25% entre o 25.º mês e o final do período de concessão.

Já nos contratos de trabalho a termo certo ou incerto será de 25% entre o 13.º mês e o final do período de concessão do subsídio de desemprego para contratos a termo com duração inicial superior a 12 meses de duração inicial.

Caso se trate de contrato de trabalho a termo certo ou incerto convertido em contratos sem termo aplica-se as condições dos contratos sem termo “com efeitos a partir do mês seguinte à data da respetiva conversão”.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Publicidade Publicidade

LER JORNAL

pub

Artigos Recentes

Famalicãohá 6 horas

Famalicão: Incêndio em Vale S. Martinho provoca dois feridos

Um incêndio num anexo de uma habitação em Vale S. Martinho, mais precisamente na rua Eça de Queirós, provocou dois...

Paíshá 7 horas

Gasóleo desce três cêntimos e gasolina 1,5 cêntimos a partir de segunda-feira

Ao fim de seis semanas de ganhos, os preços dos combustíveis vão finalmente descer na próxima semana. O gasóleo, o combustível mais...

Barceloshá 8 horas

Barcelos: Trabalhador cai de altura de nove metros e fica em estado grave

Um homem ficou em estado grave, este sábado, na sequência de uma queda de nove metros de um edifício em...

Famalicãohá 10 horas

Associação Famalicão em Transição debate futuro das linhas de água e o Ecoparque de Cabeçudos

A Associação Famalicão em Transição retoma, este sábado, as “Conversas TeT – Território em Transição”, com o tema “Que futuro...

Regiãohá 10 horas

Neve cobre de branco e beleza várias localidades

É verdade que falta pouco mais de um mês para a chegada da Primavera. Mas, esta sexta-feira e sábado a...

Famalicãohá 11 horas

Famalicão: Atropelamento em Joane provoca ferimentos em mulher de 70 anos

Um atropelamento, na vila de Joane, Famalicão, provocou, este sábado, ferimentos a uma mulher de 70 anos. Não se sabe,...

Famalicãohá 13 horas

Famalicão: Paróquia de Arnoso Santa Maria é palco, este fim de semana, das Solenidades do Senhor dos Passos

A freguesia de Arnoso Santa Maria celebra, este fim de semana, as Solenidades do Senhor dos Passos. Entre os eventos...

Desportohá 13 horas

FC Famalicão perde em Arouca e João Pedro Sousa diz que a sua equipa “encolheu-se” na primeira parte

O Famalicão perdeu, esta sexta-feira, contra o Arouca, por 3-2, num jogo em que os arouquenses completaram a reviravolta no...

Paíshá 13 horas

Euromilhões. Já sabe qual é a chave vencedora desta sexta-feira?

Os números 24 – 27 – 28 – 30 – 49 e as estrelas 1 e 12 é a chave...

Desportohá 1 dia

Veja os Golos! FC Arouca 3-2 FC Famalicão

Veja em baixo os lances de golo da partida entre o FC Famalicão e o FC Arouca a contar para...

Arquivo

Mais Vistos