Siga-nos nas redes

País

Exposição ao ar poluído responsável por 2.100 mortes em Portugal em 2021

Publicado

em

Cerca de 2.100 mortes em Portugal durante o ano de 2021 podem ser atribuídas à exposição a partículas em suspensão, revela um relatório divulgado hoje pela Agência Europeia do Ambiente.

De acordo com o relatório “Perigo da poluição do ar para a saúde humana: o fardo da doença 2023”, a poluição do ar é “atualmente o maior fator de risco ambiental na Europa”, continua a principal causa de “saúde débil e contribui em particular para doenças respiratórias e cardiovasculares”.

(continue a ler o artigo a seguir)


Emissão em direto da Fama Rádio e Televisão também disponível na Smart tv da sua casa. Instale grátis!



O documento tem informação referente ao ano de 2021 e conclui que, nesse ano, 2.100 mortes em Portugal podem ser atribuídas à exposição a partículas em suspensão, também conhecidas como partículas finas.

Esta estimativa também aponta para a perda de um total de “20.700 anos de vida” em Portugal por causa da exposição à poluição no ar, em particular nos grandes centros urbanos.

Na Polónia, a exposição ao mesmo tipo de partículas terá sido responsável por 47.300 mortes em 2021, o número mais elevado em todo o continente europeu. Seguem-se Itália (46.800 mortes) e Alemanha (32.300 mortes). A Irlanda foi o país com menos mortes registadas por esta exposição a poluição (460).

No total, em toda a Europa podem ser atribuídas 253.000 mortes à exposição a partículas finas.

A Agência Europeia do Ambiente alertou que, apesar dos progressos feitos entre 2005 e 2021, com a redução em 41% do número de mortes por exposição a partículas finas, os níveis de poluição no ar continuam acima do recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Entre as doenças provocadas pela exposição a estas partículas estão as cardiovasculares, enfartes, diabetes mellitus, doença de obstrução pulmonar crónica, cancro nos pulmões e asma.

A Agência Europeia do Ambiente estima que seja necessário reforçar as políticas de descarbonização e ambientais, que possibilitem, por exemplo, a redução do número de automóveis nas cidades – locais de maior concentração de poluição -, e trabalhar para reduzir com eficácia a pobreza energética – a utilização de madeira e carvão para aquecer habitações é responsável pela libertação de uma parte da poluição para o ar.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Publicidade Publicidade

LER JORNAL

pub

Artigos Recentes

Famalicãohá 7 horas

Famalicão: Incêndio em Vale S. Martinho provoca dois feridos

Um incêndio num anexo de uma habitação em Vale S. Martinho, mais precisamente na rua Eça de Queirós, provocou dois...

Paíshá 8 horas

Gasóleo desce três cêntimos e gasolina 1,5 cêntimos a partir de segunda-feira

Ao fim de seis semanas de ganhos, os preços dos combustíveis vão finalmente descer na próxima semana. O gasóleo, o combustível mais...

Barceloshá 9 horas

Barcelos: Trabalhador cai de altura de nove metros e fica em estado grave

Um homem ficou em estado grave, este sábado, na sequência de uma queda de nove metros de um edifício em...

Famalicãohá 11 horas

Associação Famalicão em Transição debate futuro das linhas de água e o Ecoparque de Cabeçudos

A Associação Famalicão em Transição retoma, este sábado, as “Conversas TeT – Território em Transição”, com o tema “Que futuro...

Regiãohá 11 horas

Neve cobre de branco e beleza várias localidades

É verdade que falta pouco mais de um mês para a chegada da Primavera. Mas, esta sexta-feira e sábado a...

Famalicãohá 12 horas

Famalicão: Atropelamento em Joane provoca ferimentos em mulher de 70 anos

Um atropelamento, na vila de Joane, Famalicão, provocou, este sábado, ferimentos a uma mulher de 70 anos. Não se sabe,...

Famalicãohá 13 horas

Famalicão: Paróquia de Arnoso Santa Maria é palco, este fim de semana, das Solenidades do Senhor dos Passos

A freguesia de Arnoso Santa Maria celebra, este fim de semana, as Solenidades do Senhor dos Passos. Entre os eventos...

Desportohá 14 horas

FC Famalicão perde em Arouca e João Pedro Sousa diz que a sua equipa “encolheu-se” na primeira parte

O Famalicão perdeu, esta sexta-feira, contra o Arouca, por 3-2, num jogo em que os arouquenses completaram a reviravolta no...

Paíshá 14 horas

Euromilhões. Já sabe qual é a chave vencedora desta sexta-feira?

Os números 24 – 27 – 28 – 30 – 49 e as estrelas 1 e 12 é a chave...

Desportohá 1 dia

Veja os Golos! FC Arouca 3-2 FC Famalicão

Veja em baixo os lances de golo da partida entre o FC Famalicão e o FC Arouca a contar para...

Arquivo

Mais Vistos