Siga-nos nas redes

País

Quedas em altura e acidentes de viação principais causas de acidentes graves de trabalho na região Norte

Publicado

em

Um estudo da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP) concluiu que as quedas em altura e os acidentes de viação foram as principais causas de acidentes graves de trabalho na região Norte e nas últimas décadas.

A equipa da FMUP analisou exames médico-legais e constatou que as principais vítimas são homens, com idades entre os 25 e os 45 anos, que trabalham na construção, operação de máquinas, serviços gerais e no comércio.

(continue a ler o artigo a seguir)


Emissão em direto da Fama Rádio e Televisão também disponível na Smart tv da sua casa. Instale grátis!



Publicado no Journal of Forensic and Legal Medicine, uma revista médica sobre medicina forense e legal, este estudo demonstrou que a maior parte (73,8%) das lesões localizaram-se no cérebro e na medula espinal.

Já os resultados permanentes a longo prazo foram principalmente associados a sequelas neurológicas (62,1%) e ortopédicas (52,4%), conforme se lê nas conclusões do estudo, que é assinado por Isabel Almeida, José Manuel Teixeira e Teresa Magalhães.

No mesmo estudo foi possível constatar que 23,3% das vítimas ficaram com incapacidade permanente parcial (IPP), 35% com incapacidade permanente absoluta para todo e qualquer trabalho (IPA) e 41,7% com incapacidade permanente absoluta para o trabalho habitual (IPATH).

No entanto, no que respeita à IPATH, uma percentagem considerável de pessoas consideradas capazes de trabalhar não estava profissionalmente ativa, encontrando-se em situação de desemprego ou reforma antecipada.

“O que poderá ter resultado de falta de investimento no processo de reintegração laboral”, lê-se no resumo remetido à Lusa que, citando os investigadores, alerta que “os ferimentos devidos a acidentes de trabalho constituem um problema de saúde pública, social e económica, além de serem uma das principais causas de morte prematura, morbilidade e incapacidade num número significativo de pessoas”.

A equipa da FMUP defende que deve ser feita uma abordagem médico-legal mais detalhada em determinados casos “baseada em aspetos concretos da realidade profissional da vítima e não apenas no conteúdo da tabela de incapacidades permanentes (TNI)”.

“Deve existir uma articulação entre todas as instituições que trabalham com a vítima de acidente de trabalho e a área da medicina legal, com o objetivo de promover a recuperação e a reabilitação profissional destas pessoas”, defende.

Estima-se que, anualmente, ocorram mais de 374 milhões de acidentes de trabalhos não fatais a nível mundial.

Em 2020, Portugal registou um total de 156.048 acidentes laborais, em que cerca de 73% dos casos originaram consequências temporárias que exigiram ausência do trabalho e 131 casos fatais.

Este estudo foi realizado com o objetivo de refletir sobre o papel que a medicina legal pode desempenhar na promoção da reintegração profissional das vítimas.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Publicidade Publicidade

LER JORNAL

pub

Artigos Recentes

Famalicãohá 17 minutos

Famalicão sob Aviso Amarelo: Rajadas de vento de 75 km/h e chuva este sábado

Depois de registada alguma chuva nos últimos dias, o concelho de Famalicão espera um sábado com agravamento das condições meteorológicas,...

Trofahá 1 hora

Feira anual da Trofa é já uma referência no norte do país

Realiza-se este fim de semana a já tradicional Feira Anual da Trofa. São esperadas milhares de pessoas, neste certame que...

Famalicãohá 1 hora

Famalicão: Atropelamento rodoviário na Avenida Marechal Humberto Delgado faz um ferido

Uma pessoa ficou ferida na manhã desta sexta-feira, na sequência de um atropelamento rodoviário na Avenida Marechal Humberto Delgado, no...

Famalicãohá 2 horas

Famalicão: CITEVE e Braz Costa destacados como “rostos” da inovação e sucesso da indústria têxtil no concelho

Duas décadas depois, o atual diretor-geral do Centro Tecnológico Têxtil e Vestuário- CITEVE, com sede em Vila Nova de Famalicão,...

Famalicãohá 4 horas

Famalicão: Campo de férias “Páscoa Aventura” decorre entre 25 e 28 de março

De 25 a 28 de março decorre o campo de férias “Páscoa Aventura”, uma iniciativa dinamizada pelo Município de Vila...

Desportohá 5 horas

Famalicão: Alunos da Academia Louro Kids brilham no Campeonato Regional de Jiu-Jitsu

Os alunos da EB Lml Louro destacaram-se em Vizela, este sábado, no Campeonato Regional de Jiu-Jitsu Sistema de Luta onde...

Famalicãohá 6 horas

Famalicão: Serviços Municipais já destruíram mais de 8 mil ninhos de vespa asiática

Os Serviços Municipais de Proteção Civil (SMPC) de Vila Nova de Famalicão destruíram, ao longo da última década, mais de...

Economiahá 6 horas

Nova semana traz aumento no preço da gasolina mas gasóleo fica mais barato

Os preços dos combustíveis mais utilizados seguem tendências distintas já na próxima segunda-feira, assim indicam as previsões do setor, nesta...

Famalicãohá 7 horas

Famalicão: Casa do Território expõe “10 anos de tesouros” arqueológicos

Uma parte de uma Ara (altar romano), utensílios da Idade do Bronze, o chão de uma lareira do Castro de...

Famalicãohá 7 horas

Famalicão: Infraestruturas de Portugal investe 10 milhões na requalificação da EN206

 A Infraestruturas de Portugal (IP) aprovou o lançamento do concurso público, por 10 milhões de euros, para a requalificação da...

Arquivo

Mais Vistos