Siga-nos nas redes

País

Greve nacional de professores esta sexta-feira.

Publicado

em

Para amanhã, está agendada uma greve nacional de professores, com uma estimada adesão superior a 90%, segundo o secretário-geral da Fenprof. O líder da FNE antecipa que “milhares” de escolas em todo o país poderão ser afetadas. Este ano promete ser mais um período de intensa contestação.

Hoje assinala-se o Dia Mundial do Professor, e a Internacional da Educação dedicou esta semana à classe, o que levou à convocação da primeira greve nacional de professores pela plataforma sindical para amanhã.

(continue a ler o artigo a seguir)


Emissão em direto da Fama Rádio e Televisão também disponível na Smart tv da sua casa. Instale grátis!



As expectativas de Mário Nogueira e de Pedro Barreiros já eram elevadas, mas após o pronunciamento de António Costa, que excluiu categoricamente qualquer negociação sobre o tempo de serviço, a situação agravou-se.

Pedro Barreiros acredita que “podem fechar várias centenas, até milhares, de escolas pelo país, e aquelas que permanecerem abertas enfrentarão grandes desafios”. A contestação dos professores continuará durante o debate da proposta de Orçamento do Estado para 2024, havendo a possibilidade de novas greves e manifestações em perspetiva.

A principal reivindicação dos professores é a recuperação do tempo de serviço que esteve congelado durante seis anos, seis meses e 23 dias, uma medida que afeta salários, aposentações e impede que muitos alcancem os escalões finais da carreira. No entanto, esta não é a única questão que enfrentam.

O líder da FNE afirma que os professores se sentem “muito pressionados” entre as promessas do presidente da República, que pede ao Governo para abrir uma porta, logo fechada pelo primeiro-ministro, que se recusa a negociar. A falta de condições de trabalho, o envelhecimento da classe e os obstáculos à progressão na carreira também contribuem para a crise de escassez de docentes.

Mário Nogueira denuncia que o início do ano letivo foi um dos piores em termos de organização, com milhares de alunos ainda sem todas as aulas e professores a enfrentar dificuldades. Além disso, a proposta de revisão da formação inicial, que prevê estágios remunerados, é motivo de preocupação.

Os sindicatos também estão contra as faltas injustificadas e os processos disciplinares que foram instaurados contra os professores que aderiram à greve da Função Pública em março.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Publicidade Publicidade

LER JORNAL

pub

Artigos Recentes

Famalicãohá 10 horas

Famalicão: Festival de Teatro Amador “Terras de Camilo” estreia nova edição este sábado

De 2 de março a 27 de abril, o auditório do Centro de Estudos Camilianos, em Seide, volta a receber...

Famalicãohá 13 horas

Famalicão sob Aviso Amarelo: Rajadas de vento de 75 km/h e chuva este sábado

Depois de registada alguma chuva nos últimos dias, o concelho de Famalicão espera um sábado com agravamento das condições meteorológicas,...

Trofahá 14 horas

Feira anual da Trofa é já uma referência no norte do país

Realiza-se este fim de semana a já tradicional Feira Anual da Trofa. São esperadas milhares de pessoas, neste certame que...

Famalicãohá 14 horas

Famalicão: Atropelamento rodoviário na Avenida Marechal Humberto Delgado faz um ferido

Uma pessoa ficou ferida na manhã desta sexta-feira, na sequência de um atropelamento rodoviário na Avenida Marechal Humberto Delgado, no...

Famalicãohá 15 horas

Famalicão: CITEVE e Braz Costa destacados como “rostos” da inovação e sucesso da indústria têxtil no concelho

Duas décadas depois, o atual diretor-geral do Centro Tecnológico Têxtil e Vestuário- CITEVE, com sede em Vila Nova de Famalicão,...

Famalicãohá 16 horas

Famalicão: Campo de férias “Páscoa Aventura” decorre entre 25 e 28 de março

De 25 a 28 de março decorre o campo de férias “Páscoa Aventura”, uma iniciativa dinamizada pelo Município de Vila...

Desportohá 17 horas

Famalicão: Alunos da Academia Louro Kids brilham no Campeonato Regional de Jiu-Jitsu

Os alunos da EB Lml Louro destacaram-se em Vizela, este sábado, no Campeonato Regional de Jiu-Jitsu Sistema de Luta onde...

Famalicãohá 18 horas

Famalicão: Serviços Municipais já destruíram mais de 8 mil ninhos de vespa asiática

Os Serviços Municipais de Proteção Civil (SMPC) de Vila Nova de Famalicão destruíram, ao longo da última década, mais de...

Economiahá 19 horas

Nova semana traz aumento no preço da gasolina mas gasóleo fica mais barato

Os preços dos combustíveis mais utilizados seguem tendências distintas já na próxima segunda-feira, assim indicam as previsões do setor, nesta...

Famalicãohá 19 horas

Famalicão: Casa do Território expõe “10 anos de tesouros” arqueológicos

Uma parte de uma Ara (altar romano), utensílios da Idade do Bronze, o chão de uma lareira do Castro de...

Arquivo

Mais Vistos