Siga-nos nas redes

Economia

Governo diz monitorizar preços dos combustíveis e “agir” caso veja necessário

Publicado

em

O Governo garantiu hoje que vai monitorizar os preços dos combustíveis, dados os recentes aumentos, prometendo “vontade de agir no sentido da proteção das famílias”, se for “absolutamente necessário”.

“Nós estamos a avaliar e temos de avaliar o que é que vai acontecer do ponto de vista da evolução dos preços, se estamos num pico excecionalmente temporário que depois regressa ou se não estamos”, disse o ministro das Finanças, Fernando Medina, a jornalistas portugueses no final da reunião dos ministros das Finanças da União Europeia, que decorre hoje em Santiago de Compostela no âmbito da presidência espanhola da UE.

(continue a ler o artigo a seguir)


Emissão em direto da Fama Rádio e Televisão também disponível na Smart tv da sua casa. Instale grátis!



O governante salientou que o executivo português “já deu mostras de capacidade e vontade de agir no sentido da proteção das famílias, quando tal se torna absolutamente necessário fazer”.

Questionado sobre se o Governo pondera desde já agir, Fernando Medina adiantou: “Faremos, se necessário for, [mas] agora precisamos de perceber se esta é uma dinâmica de um pico (…) e os mercados (…) apontam para quedas importantes nos preços já em breve”.

“Quando os preços aumentaram muito, o Governo adotou um conjunto de medidas em particular relativamente à eliminação da taxa de carbono, mas foi sempre assumido que era uma medida temporária”, recordou.

Além disso, continuou Fernando Medina, “quando os preços começaram a subir de forma mais significativa nas últimas semanas, foi interrompido o processo de subida da taxa de carbono e, por isso, não está a haver nenhuma subida de carga fiscal”.

A posição surge depois de no início de setembro o Governo ter decidido manter inalterados, este mês, os descontos no imposto sobre os produtos petrolíferos em 13,1 cêntimos por litro no gasóleo e 15,3 na gasolina e a suspensão da atualização da taxa de carbono.

Entre as medidas em vigor está o desconto no ISP equivalente a uma descida da taxa do IVA dos 23% para 13%, bem como a compensação, através do imposto sobre os produtos petrolíferos, da receita adicional do IVA que resulta do aumento do preço dos combustíveis.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Publicidade Publicidade

LER JORNAL

pub

Artigos Recentes

Sociedadehá 7 horas

Veja os golos! FC Porto 2 – 2 FC Famalicão

GOLO! FC FAMALICÃO, JHONDER AOS 9′, FC PORTO 0-1 FC FAMALICÃO GOLO! FC PORTO, YOUSSOUF ZAYDOU (P.B.) AOS 17′, FC...

Famalicãohá 11 horas

Famalicão: Fradelos reuniu veículos clássicos e desportivo em causa solidária

A freguesia de Fradelos, em Famalicão, foi palco este sábado da exposição “Clássicos e Desportivos” dedicada aos amantes dos veículos...

Famalicãohá 12 horas

Famalicão: Alunos da Camilo apresentaram  projeto sobre a paz no Concurso Euroscola 

Os alunos Francisco Antunes e Nuno Oliveira, do 10º ano E, da Escola Secundária Camilo Castelo Branco, de Famalicão,  representaram...

Economiahá 12 horas

Preço dos combustíveis volta a descer após algumas semanas de aumento

Termina agora mais uma semana e com isso chegam novas previsões quanto à oscilação do preço dos combustíveis. Neste sentido,...

Famalicãohá 12 horas

Famalicão: Sol e “máximas” de 26.º graus esta segunda-feira

Famalicão espera, esta segunda-feira, mais um dia de sol e com temperaturas características da primavera, assim indicam as previsões do...

Economiahá 12 horas

IVA zero foi transmitido na totalidade aos preços cobrados aos consumidores diz o Banco de Portugal

A aplicação do IVA zero a alguns bens alimentares no ano passado foi transmitida na totalidade aos preços cobrados aos...

Paíshá 13 horas

Governo: Provas finais do 9.º ano voltam a ser feitas em papel

 O primeiro-ministro anunciou hoje que as provas finais do 9.º ano vão ser realizadas em papel, por terem sido “identificadas...

Paíshá 13 horas

Campanha de segurança rodoviária “Cinto-me Vivo” registou mais de 29 mil infrações numa semana

A campanha de segurança rodoviária “Cinto-me Vivo” registou numa semana 29.532 mil infrações, das quais 829 relacionadas com a utilização...

Desportohá 15 horas

Duatlo de Famalicão sai para a estrada este domingo 

O Duatlo de Famalicão, prova que junta o atletismo e o BTT, está de regresso este domingo, 14 de abril,...

Famalicãohá 16 horas

Junta de Riba d’Ave lança concurso de quadras para celebrar Abril

A Junta de Freguesia de Riba d’Ave lançou um concurso de quadras para celebrar os 50 anos do 25 de...

Arquivo

Mais Vistos