Siga-nos nas redes

País

Marcelo apresenta proposta para que se festejem Santos Populares em segurança esta sexta-feira

Publicado

em

O Presidente da República prometeu hoje em Sófia dizer, quando regressar a Portugal, o que pensa sobre as comemorações dos Santos Populares, e o que deixará ou já deixou de fazer para “evitar aglomerações”.

“Quando voltar ao território português, o que acontecerá na sexta-feira à noite, e antes de seguir para o 10 de Junho na Madeira, eu direi o que penso sobre essa matéria e até direi qual é a programação que terei para os dias seguintes, que são os dias em que se integra aquilo a que se querem referir”, afirmou.

“Na altura, direi o que deixarei de fazer ou já deixei de fazer. Já sabem que a Festa do Livro deixou de existir, era entre os dias 9 a 13 de junho, precisamente para evitar aglomerações”, acrescentou.

Na sexta-feira passada, foi anunciado o adiamento da edição deste ano da Festa do Livro no Palácio de Belém, tendo em conta a matriz de risco de covid-19 e mensagens de entidades sanitárias.

“Atendendo à manutenção da matriz de risco covid-19 e às mensagens das entidades sanitárias relativamente à evolução da situação no concelho de Lisboa, bem como à interpretação que poderia suscitar a manutenção da Festa do Livro, prevista nos jardins do Palácio de Belém de 9 a 13 de junho, foi esta adiada para data a fixar com os editores e livreiros, aos quais se agradece a compreensão perante a decisão que teve de ser tomada”, justificava a nota de Belém divulgada na altura.

Na terça-feira à noite, em Sófia (onde são mais duas horas que em Lisboa), Marcelo Rebelo de Sousa recorreu à conversa que teve com o Presidente búlgaro ao jantar e durante a qual disse ter-lhe transmitido um “ponto da situação” sobre a pandemia em Portugal para reiterar que é preciso “um equilíbrio entre o facilitismo e o alarmismo”.

“Não facilitar em situações em que pode haver um risco maior, ainda, e, por outro lado, não entrar em alarmismo”, afirmou, sublinhando os “muito baixos” números de internamentos em Portugal.

O Presidente da República considerou que, com esta sua posição, “percebe-se perfeitamente onde entra o equilíbrio, onde se deve ser mais cuidadoso e onde se deve ser mais flexível”.

A Câmara de Lisboa não vai autorizar a realização de arraiais populares este ano devido à pandemia de covid-19, anunciou na terça-feira o presidente do município, Fernando Medina, apelando para que os cidadãos compreendam a situação e evitem aglomerações.

Já o presidente da Câmara do Porto, Rui Moreira, disse na segunda-feira que a festa do “São João haverá sempre” e que aquilo que a autarquia permitiu, “com o parecer das autoridades de saúde, foram três zonas de diversões, onde as pessoas podem ir em condições consideradas de total segurança por parte da Direção-Geral [da Saúde]”.

PARTILHE ESTE ARTIGO:

PASSOU EM DIRETO

Publicidade Publicidade

pub

LER JORNAL

Artigos Recentes

Paíshá 8 horas

Parlamento aprovou fim das SCUTS

O parlamento aprovou hoje em votação final global a proposta do PS para eliminar as portagens nas ex-SCUT e nos...

Famalicãohá 11 horas

Famalicão: Colisão no parque de estacionamento do E.Leclerc faz um ferido

Uma pessoa ficou ferida, na tarde desta sexta-feira, na sequência de uma colisão rodoviária no parque de estacionamento do E....

Famalicãohá 12 horas

Famalicão apresenta novo projeto dedicado à Ciência e à Inovação (2024-06-21)

A Semana da Inovação e Ciência terminou, esta sexta-feira, em Famalicão com a apresentação do projeto de requalificação e adaptação...

Vídeoshá 13 horas

3º Convívio das Academias Seniores de Vila Nova de Famalicão

Realizou-se esta sexta feira o terceiro piquenique anual das Academias Seniores de Vila Nova de Famalicão. O programa das Academias Seniores, dinamizado pelo Município de...

Famalicãohá 13 horas

Famalicão: Sábado nublado dá lugar a domingo de céus limpos e “máximas” de 31.º graus

Famalicão espera, este sábado e domingo, um fim de semana de sol, no qual se deverá registar um aumento das...

Famalicãohá 13 horas

Ministro da Defesa Nuno Melo pernoitou no submarino Arpão durante últimas horas de uma missão

Depois de se ter tornado no primeiro submarino convencional e português a navegar debaixo do gelo Ártico, o Arpão regressou,...

Famalicãohá 14 horas

Famalicão: Novos trabalhos sobre a história do concelho integram o “VIII Congresso Nacional de História Local”

A história local terá destaque em Famalicão, no “VIII Congresso Nacional de História Local: Conceitos, Práticas e Desafios na Contemporaneidade,...

Famalicãohá 15 horas

Famalicão: Jovem necessita de um dador compatível de medula óssea

A Associação de Pais da Escola Básica Júlio Brandão promove um apelo urgente à dádiva de medula óssea e sangue,...

Desportohá 16 horas

FC Famalicão: Jogo de apresentação realiza-se a 30 de julho frente ao Deportivo de La Coruña

O FC Famalicão tem já preparada a sua pré-época, com uma sequência de jogos antes do derradeiro início da edição...

Regiãohá 17 horas

ASAE apreende 6 mil litros de vinho em Santo Tirso

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) apreendeu 6.000 litros de vinho sem rotulagem num estabelecimento de produção e...

Arquivo

Mais Vistos