Siga-nos nas redes

País

Crimes atingiram número mais alto dos últimos 10 anos em 2023

Publicado

em

Os crimes registados pelas polícias portuguesas aumentaram cerca de 8% no ano passado em relação a 2022 e atingiram os valores mais elevados em 10 anos, totalizando 371.995, revelam as estatísticas da Direção-Geral de Política de Justiça.

O destaque estatístico anual, publicado na página da Internet da Direção-Geral de Política de Justiça (DGPJ), indica que o número de crimes registados pelas autoridades policiais em 2023 foi de 371.995, mais 28.150 do que em 2022, quando se verificaram 343.845 crimes.

(continue a ler o artigo a seguir)


Emissão em direto da Fama Rádio e Televisão também disponível na Smart tv da sua casa. Instale grátis!



As estatísticas mostram igualmente que desde 2013, quando ocorreram 376.403, que não se registavam em Portugal tantos crimes como em 2023.

Os dados indicam também que só em 2020, ano marcado por confinamentos devido à pandemia de covid-19, é que a criminalidade ficou abaixo dos 300 mil crimes, com 298.787.

A DGPJ avança que os crimes contra o património representaram cerca de 51,0% do total (189.657 crimes), seguidos pelos crimes contra as pessoas que corresponderam a cerca de 24,4% do total (90.840 crimes) e dos crimes contra a vida em sociedade, que representaram 11,9% do total (44.439 crimes).

Segundo aquele organismo tutelado pelo Ministério da Justiça, apenas os crimes contra animais de companhia não subiram em 2023 face a 2022, passando de 2.022 para 1.729.

O tipo de crime que mais subiu no ano passado foram os cometidos contra o Estado (mais 16,9%), que passaram de 6.559 em 2022 para 7.713 em 2023, seguido do contra a identidade cultural/integridade pessoal (mais 9,6%), que totalizaram 367, enquanto em 2022 tinham sido de 289.

As estatísticas da justiça revelam também que os crimes contra as pessoas aumentaram 5,8%, contra o património subiram 7,6%. Já as polícias registam mais 424 crimes contra vida em sociedade, num total de 44.439 em 2023.

Os crimes mais frequentes em 2023 foram os de “violência doméstica contra cônjuges ou análogos” (26.041), seguido da condução sob efeito de álcool (24.133), ofensas à integridade física (24.111), furto em veículo motorizado (20.180), burla informática e nas comunicações (20.259), ameaça e coação (16.676) e condução sem habilitação legal (15.579).

Outros dos crimes mais registados foram o furto de oportunidade/de objetos não guardados (11.234), abuso de cartão de garantia ou de cartão, dispositivo ou dados de pagamento (10.386), furto em edifício comercial ou industrial sem arrombamento, escalamento ou chaves falsas (8.279), furto em residência, escalamento ou chaves falsas (8.237) e furto de veículo motorizado (8.189).

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Publicidade Publicidade

LER JORNAL

pub

Artigos Recentes

Desportohá 25 minutos

CX A2D apura-se para os “quartos” da Taça Portugal de Xadrez

A equipa de xadrez CX A2D da Didáxis esteve em competição, no último domingo, na Taça de Portugal de Xadrez...

Desportohá 50 minutos

Ténis Clube de Famalicão realizou 1.º Open de Ténis em Cadeira de Rodas

O Complexo de Ténis de Famalicão recebeu no último sábado e domingo o 1.º Open TCR de Famalicão em Cadeira...

Famalicãohá 1 hora

Famalicense Paulo Cunha ocupa segundo lugar da AD para as Europeias

Paulo Cunha, vice-presidente do PSD e ex-presidente da Câmara Municipal de Famalicão e Ana Miguel Pedro, indicada pelo CDS-PP, ocupam...

Desportohá 14 horas

Riba d’Ave HC homenageia Sr. Francisco Machado que dedicou mais de 20 anos ao serviço do clube

Esta 24.ª jornada do Campeonato Nacional hóquei em patins foi marcada por um momento de homenagem por parte do Riba...

Desportohá 15 horas

Famalicenses da Jing-She conquistam medalhas de ouro e prata no 7º Torneio Internacional de Wushu da Maia

Os atletas da Jing-She – Associação Desportiva Escola de Wushu de Famalicão participaram em mais uma competição, no último sábado,...

Economiahá 16 horas

Latas de atum mais caras 30% desde o início do ano

O preço do cabaz dos 63 produtos alimentares considerados essenciais baixou 1,07 euros entre 10 e 17 de abril, passando...

Desportohá 17 horas

Famalicão: Simão Lopes sagra-se Vice-Campeão distrital de Patinagem Livre

O atleta Simão Lopes da Academia PatinAve de Famalicão esteve em destaque, este domingo, com a sua performance no Campeonato...

Bragahá 18 horas

Homem detido em Fafe após provocar incêndio com queimada descontrolada

O Comando Territorial da GNR de Braga informou hoje que militares do posto de Fafe detiveram um homem, de 40...

Famalicãohá 18 horas

Famalicão: Homem de 26 anos detido com ecstasy e haxixe

Um homem de 26 anos foi detido pela PSP em Famalicão, este domingo, no decurso de um policiamento auto por...

Famalicãohá 19 horas

Famalicão: PSP detém homem suspeito de furtos em garagens

Elementos da PSP de Famalicão levaram a cabo a detenção de um homem de 48 anos, na sequência de diversos...

Arquivo

Mais Vistos