Siga-nos nas redes

País

Crise: Governo aprova apoio a famílias mais vulneráveis para cabaz alimentar

Publicado

em

O Conselho de Ministros aprovou hoje o decreto-lei que prevê a criação de um apoio extraordinário para as famílias mais vulneráveis para fazer face aos efeitos do aumento do preço dos bens alimentares de primeira necessidade.

Esta medida integra um conjunto de apoios às famílias e empresas na sequência da guerra na Ucrânia e que pretende mitigar o efeito da subida dos preços dos combustíveis e dos bens alimentares.

(continue a ler o artigo a seguir)


Emissão em direto da Fama Rádio e Televisão também disponível na Smart tv da sua casa. Instale grátis!



“Foi aprovado o decreto-lei que estabelece medidas de apoio às famílias e às empresas no âmbito do conflito armado na Ucrânia”, refere o comunicado do Conselho de Ministros, precisando que o diploma estabelece “a criação de um apoio extraordinário para as famílias mais vulneráveis para mitigação dos efeitos do aumento extraordinário dos preços dos bens alimentares de primeira necessidade”.

A criação de um mecanismo desta natureza tinha sido anunciada pelo ministro de Estado e da Economia, Pedro Siza Vieira, em 14 de março, numa conferência de imprensa.

Sem entrar em detalhes — tal como sucede com o comunicado de hoje do Conselho de Ministros –, Pedro Siza Vieira referiu, na altura, que o apoio deveria abranger os agregados familiares que são beneficiários da tarifa social de energia elétrica e outras prestações sociais.

O universo potencial deverá, assim, indicou, ser o dos 1,4 milhões de beneficiários da tarifa social de eletricidade, não estando ainda afastada a hipótese de ser mais alargado.

“A decisão de avançar com esta prestação já está tomada”, referiu então Siza Vieira, acrescentando que o que falta desenhar é o universo preciso de beneficiários e a forma como em cada momento o valor da prestação irá ser ajustado, porque “se o aumento do preço dos bens alimentares for de 5% o valor dessa prestação deve ser diferente de um aumento dos bens alimentares de 20%”.

“Não sabemos qual vai ser o impacto desta situação sobre os preços dos bens alimentares. O que nos parece é que temos de trabalhar com um cabaz de bens alimentares e assegurar que, em função das variações de preços nos próximos tempos, possa haver uma nova prestação social para apoiar o aumento de custos que estas famílias irão ter”, disse o ministro, assinalando: “Todos nós vamos, quase de certeza, pagar mais pelos bens alimentares, mas temos sobretudo que proteger os consumidores mais vulneráveis” que são quem tem mais dificuldade em absorver esta situação.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Publicidade Publicidade

LER JORNAL

pub

Artigos Recentes

Famalicãohá 12 horas

Famalicão: Colisão em Calendário provoca um ferido

Uma pessoa ficou ferida, ao final da tarde desta quarta-feira, na sequência de uma colisão rodoviária na rua Alberto Sampaio,...

Famalicãohá 13 horas

Famalicão: Colisão em Ribeirão faz dois feridos

Duas pessoas ficaram feridas ao final da tarde desta quarta-feira, na sequência de uma colisão rodoviária na Avenida da Industria,...

Famalicãohá 14 horas

Bombeiros Voluntários Famalicenses de luto com falecimento do elemento Sr. Fernando “Bombeiro”

Faleceu, esta quarta-feira, o Chefe 3 do Quadro de Honra, o Sr. Fernando, conhecido como “Bombeiro”. As cerimónias fúnebres terão...

Desportohá 15 horas

FC Famalicão: Chiquinho agradece “confiança” e garante protagonismo do “coletivo” na atribuição do “Melhor Jogador Jovem do Mês”

O prémio destinado ao melhor jogador jovem da I Liga referente ao mês de janeiro já foi atribuído a Chiquinho....

Desportohá 16 horas

Famalicense João Pinheiro vai arbitrar ‘derby’ entre Porto e Benfica

João Pinheiro, da Associação de futebol de Braga, é o árbitro do clássico de domingo entre FC Porto e Benfica,...

Paíshá 16 horas

Autoridades alertam: Agitação marítima sofre agravamento a partir desta quinta-feira

A Marinha e a Autoridade Marítima alertam hoje a população e a comunidade marítima para estarem vigilantes em relação ao...

Famalicãohá 17 horas

Famalicão: Chuva regressa esta quinta-feira

A chuva regressa, esta quinta-feira, ao concelho de Famalicão, assim indicam as previsões do Instituto Português do Mar e da...

Famalicãohá 18 horas

Famalicão: Suspeito acusa primo da autoria da morte do empresário José Ferreira em Tribunal

Um arguido disse hoje no Tribunal de Guimarães que foi um primo, também arguido, que matou à facada um empresário...

Desportohá 18 horas

Famalicão: “Move-te” distinguido como “Evento Desportivo Local do Ano”

Na última sexta-feira, dia 23 de fevereiro, o programa municipal famalicense “Move-Te”, dedicado à promoção de atividade física ao ar...

Desportohá 19 horas

Seleção Nacional feminina goleia Coreia do Sul por 5-1

A seleção portuguesa feminina de futebol goleou hoje a congénere da Coreia do Sul por 5-1, em jogo de preparação...

Arquivo

Mais Vistos