Siga-nos nas redes

País

STOP garante continuidade da luta e anuncia manifestação para 25 de abril

Publicado

em

O Sindicato de Todos os Profissionais de Educação (STOP) anunciou que vai continuar a luta e apelou a toda a sociedade civil que se junte numa grande manifestação no dia 25 de abril, em Lisboa.

Vamos a Lisboa dizer que só não há dinheiro para quem trabalha – há milhões para banqueiros, parcerias público-privadas, indemnizações chorudas e ‘boys’ partidários, mas não há dinheiros para serviços públicos”, disse aos jornalistas o presidente do sindicato, André Pestana, em Coimbra.

(continue a ler o artigo a seguir)


Emissão em direto da Fama Rádio e Televisão também disponível na Smart tv da sua casa. Instale grátis!



O líder sindical, que falava em conferência de imprensa no final de uma reunião com comissões sindicais de greve do norte a sul do país, garantiu que a luta dos professores e profissionais de educação vai continuar e que o pré-aviso de greve em vigor até ao final de março vai ser prolongado até 16 de abril.

Segundo André Pestana, a luta vai continuar “porque cada vez mais se sente no país o apoio da sociedade civil a tudo o que estes profissionais da educação têm dado de grande exemplo de cidadania”.

“Perante a intransigência do Governo em tentar impor serviços mínimos ilegais e ao tentar intimidar quem está a fazer manifestações nacionais pacíficas, apelamos a toda a sociedade civil para que façamos no próximo 25 de abril a maior manifestação que este país já teve neste século”, frisou.

Na opinião do presidente do STOP, “as pessoas percebem” que a luta é “pelos seus filhos e netos”, para evitar “que os alunos passem rápida e superficialmente pela escola e depois tenham um trabalho precário o resto da vida ou tenham de emigrar”.

Na reunião, os participantes aprovaram um leque de iniciativas locais, desde continuar as marchas, as vigílias, os acampamentos, “apesar de todos os ataques que tem havido para tentar intimidar protestos pacíficos”.

André Pestana admitiu a existência de cansaço por parte de alguns profissionais, mas salientou que esses são os mesmos que dizem que “a luta não pode parar agora, porque é muito superior à vida individual”.

“Esta é uma luta pelo tipo de sociedade que nós queremos, com uma escola pública de qualidade para quem lá trabalha e estuda, mas também uma sociedade com direito à greve e às manifestações pacíficas”, sublinhou o dirigente, salientando que os profissionais de educação “não pretendem deixar aos filhos uma sociedade sem serviços públicos de qualidade”.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Publicidade Publicidade

LER JORNAL

pub

Artigos Recentes

Desportohá 41 minutos

Famalicense Sérgio Silva sagra-se Campeão Nacional de salto em comprimento, triplo salto, salto em altura e 60 metros de barreiras

O atleta famalicense Sérgio Silva participou no último desafio de atletismo em pista coberta, disputado em Pombal, com desempenho notável....

Economiahá 3 horas

Prazo para validar faturas no Portal das Finanças termina esta segunda-feira

 O prazo para os contribuintes validarem as faturas que vão servir de base ao cálculo das deduções no IRS termina...

Regiãohá 4 horas

Homem morre após fuga em contramão à PSP na A3 em Santo Tirso

Um homem de 33 anos perdeu a vida na madrugada desta segunda-feira, na sequência de uma colisão com outro veículo...

Famalicãohá 4 horas

Famalicão: 6º Encontro de Ciência Cândida Madureira abordou Inteligência Artificial, Saúde, Ambiente perante plateia de 230 alunos

O 6.º Encontro de Ciência Cândida Madureira, uma iniciativa de destaque no campo da educação e ciência, foi organizado pelo...

Paíshá 4 horas

Proteção Civil registou 174 ocorrências devido ao mau tempo sobretudo na região Norte

A Proteção Civil registou desde as 00:00 deste domingo e até cerca das 19:00, no continente português, 174 ocorrências devido...

Famalicãohá 5 horas

Após incubadora do Hospital de Famalicão deitar fumo pais de bebé decidem vender rifas para ajudar serviço de Neonatologia

Depois de conhecido o caso de uma incubadora que começou a gerar fumo no serviço de Neonatologia do Hospital de...

Famalicãohá 6 horas

Processo dos enfermeiros agredidos no Hospital de Famalicão aguarda conclusão há 2 anos

Aguarda conclusão há dois anos o processo referente ao episódio de violência vivido por dois enfermeiros e um segurança no...

Desportohá 6 horas

Famalicense Joaquim Figueiredo conquista título de Campeão Nacional nos 3 mil metros em Pombal

O atleta famalicense Joaquim Figueiredo terminou agora a época das competições em pista coberta, com mais um desafio em Pombal....

Famalicãohá 6 horas

Famalicão: Veículo da PSP envolvido em colisão rodoviária que resultou em 3 feridos

Três pessoas ficaram feridas, na noite deste domingo, na sequência de uma colisão rodoviária na Rua D. Sancho I, em...

Famalicãohá 21 horas

Famalicão sob Aviso Amarelo: Rajadas de vento até aos 85 km/h esta segunda-feira

Famalicão espera, esta segunda-feira, um dia nublado com intervalos de sol e chuveiros entre as 13:00 e as 16:00, de...

Arquivo

Mais Vistos