Siga-nos nas redes

País

Portugal vai implementar novo sistema para enviar alertas à população em casos de emergência

Publicado

em

Portugal irá implementar um novo sistema de alertas para o público em caso de eventos adversos, como mau tempo e incêndios rurais, baseado numa tecnologia de transmissão por rede móvel “mais rápida e eficaz do que as mensagens de texto atuais”.

O decreto que visa implementar o sistema de alerta por transmissão celular – uma tecnologia que permite enviar alertas de emergência para milhares de usuários simultaneamente em poucos segundos – aparece no Diário da República de hoje.

emissão em direto da famatv

Assinado pelos ministros da administração interna (José Luís Carneiro) e das infraestruturas (João Galamba), o documento determina que a ANEPC – a autoridade nacional de emergência e proteção civil – SGMAI – o secretariado-geral do ministério do interior – e a ANACOM – autoridade nacional de comunicações – começarão a trabalhar na criação de um sistema de alerta por transmissão celular.

As três entidades deverão apresentar um relatório ao governo até junho “com as conclusões do seu trabalho e a formulação de propostas”, afirma a Lusa.

De acordo com a portaria, a ANEPC, SGMAI e ANACOM deverão identificar as restrições associadas à implementação do novo sistema e apresentar um cronograma com a lista de medidas a serem desenvolvidas para sua implementação. Eles também terão que fornecer uma estimativa de quanto custará.

Em outras palavras, “Portugal terá um novo sistema de alerta para o público”, mas ainda não se sabe quando, ou quanto irá custar.

Desde 2018, a Proteção Civil tem utilizado um sistema de alerta preventivo através de mensagens de texto enviadas via telefone celular. Isso é considerado um pouco antiquado em vista dos avanços tecnológicos desde então.

O sistema “transmissão celular”, por exemplo, permite o envio de alertas de emergência para todas as redes móveis – 2G, 3G, 4G e 5G – sem causar saturação na rede móvel. Os cidadãos recebem os alertas de acordo com a sua localização no momento – o que significa que os visitantes de outros países também receberão o alerta em seu próprio idioma, “quase em tempo real (4 a 10 segundos)”, diz a Lusa.

Na portaria publicada hoje, o governo menciona que a estratégia nacional de proteção civil preventiva 2030 estabelece que, até 2027, soluções tecnológicas de alto alcance devem ser utilizadas, levando em consideração o aumento da frequência e intensidade de fenómenos meteorológicos extremos, e a importância do fortalecimento dos mecanismos de alerta e de alerta precoce para situações de emergência.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Publicidade Publicidade

LER JORNAL

pub

Artigos Recentes

Famalicãohá 5 segundos

Famalicão: Engenho celebra 30 anos e apresenta “cadernos de encargos” à ministra do Trabalho e Solidariedade

A ministra do Trabalho e da Solidariedade, Maria do Rosário Ramalho, esteve esta quinta-feira em Famalicão, onde participou no aniversário...

Famalicãohá 3 horas

Famalicão: Sol e subida das temperaturas esta sexta-feira

Famalicão espera, esta sexta-feira, mais um dia de sol, no qual ainda se deverá registar uma ligeira subida das temperaturas,...

Barceloshá 4 horas

Armas de fogo e punhais apreendidos em caso de violência doméstica em Barcelos

A GNR apreendeu na quarta-feira uma arma de fogo, duas de ar comprimido e dois punhais no âmbito de uma...

Paíshá 5 horas

Concentrações elevadas de pólen na atmosfera a partir de sexta-feira

Todas as regiões de Portugal continental vão estar com concentrações elevadas de pólen na atmosfera, a partir de sexta-feira, segundo...

Desportohá 6 horas

Rali de Famalicão: Conheça o percurso que atravessa 17 freguesias do concelho

Está tudo a postos para o Rali de Famalicão 2024. A maior prova de desporto motorizado que acontece no concelho...

Regiãohá 7 horas

Mariza, Emanuel, Carlão, Expensive Soul e Barbara Bandeira animam São João em Vila do Conde

Estão aí os Santos Populares e como habital Vila do Conde já apresentou o seu cartaz para as festas em...

Famalicãohá 7 horas

Câmara de Famalicão investe 1,5 milhões de euros no combate às perdas de água

O último estudo, datado de 2022, da Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos (ERSAR) chama a atenção para...

Famalicãohá 8 horas

Famalicão: Colisão envolvendo camião faz um ferido na A3

Uma pessoa ficou ferida, na manhã desta quinta-feira, na sequência de uma colisão rodoviária entre um camião e uma viatura...

Famalicãohá 8 horas

Lés a Lés: Pedome organiza o Calça Ferros Spring Fest 2024

A freguesia de Pedome recebe este ano o Calça Ferros Spring Fest, nos dias 31 de maio e 1 de...

Famalicãohá 9 horas

Famalicão: Papelaria alvo de assalto esta madrugada

Criminosos levaram a cabo, na madrugada desta quinta-feira, um assalto à Papelaria Quinta do Vinhal, na Rua Amadeu Mesquita. De...

Arquivo

Mais Vistos