Siga-nos nas redes

País

Treinador português Paulo Fonseca preso na Ucrânia com a família em situação “muito complicada”

Publicado

em

O treinador de futebol Paulo Fonseca, retido em Kiev devido à agressão militar da Rússia, assumiu hoje estar “em situação muito complicada” e formulou o desejo de que “a paz vai prevalecer”.

“Estou em Kiev, eu e minha família, em situação muito complicada em momento de guerra, que, para mim, é obviamente inaceitável. Acredito que a paz vai prevalecer e temos de continuar fortes”, disse, na rede social Instagram.

(continue a ler o artigo a seguir)


Emissão em direto da Fama Rádio e Televisão também disponível na Smart tv da sua casa. Instale grátis!



Casado com uma ucraniana, o antigo técnico do Shakhtar Donetsk ia viajar esta manhã, mas está impedido de o fazer devido à crise de segurança que se vive no país, ficando retido no hotel, onde, curiosamente, está a sua antiga equipa.

“Tenho recebido imensos telefonemas, imensas mensagens, de Portugal, Itália e todo o mundo. Quero desta forma agradecer a todos a preocupação que têm revelado por mim e a minha família. Espero ver-vos em breve e um abraço a todos”, completou.

Horas antes, em declarações ao Jornal de Notícias, revelou o desejo de tentar fugir para Lviv, perto da fronteira com a Polónia, contudo, não sabia como concretizar o plano, dadas as enormes filas de automóveis e a falta de combustível nos postos de abastecimento.

“Só resta rezar para que uma bomba não caía junto de nós. Sinceramente, não sei como vou sair daqui”, desabafou.

Atualmente, Paulo Fonseca, que passou ainda por Paços de Ferreira, FC Porto, Sporting de Braga e Roma, não está a treinar qualquer equipa.

A Rússia lançou na madrugada de hoje uma ofensiva militar em território da Ucrânia, com forças terrestres e bombardeamento de alvos em várias cidades, que as autoridades ucranianas dizem ter provocado dezenas de mortos nas primeiras horas.

O presidente russo, Vladimir Putin, disse que o ataque responde a um “pedido de ajuda das autoridades das repúblicas de Donetsk e Lugansk”, no leste da Ucrânia, cuja independência reconheceu na segunda-feira, e visa a “desmilitarização e desnazificação” do país vizinho.

O ataque foi de imediato condenado pela generalidade da comunidade internacional e motivou reuniões de emergência de vários governos, incluindo o português, e da Organização do Tratado do Atlântico Norte (NATO), União Europeia (UE) e Conselho de Segurança da ONU.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Publicidade Publicidade

LER JORNAL

pub

Artigos Recentes

Paíshá 52 minutos

Inscrições para votar antecipadamente arrancam este domingo

Os eleitores recenseados em Portugal podem inscrever-se a partir deste domingo e até quinta feira , num município à sua...

Paíshá 1 hora

Hora do Planeta: já há data para o mundo se unir pela Sustentabilidade

Neste ano a Hora do Planeta assinala-se dia 23 de março (sábado) em todo o mundo, incluindo em Portugal, entre...

Famalicãohá 2 horas

Dia Mundial do Pensamento assinalado em Famalicão pelas Guias de Portugal

A Região de Braga da Associação Guias de Portugal (AGP) vai assinalar o Dia Mundial do Pensamento com um encontro...

Famalicãohá 3 horas

Domingo com muita chuva

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) colocou os distritos de Braga e de Viana do Castelo sob...

Famalicãohá 20 horas

Famalicão: Incêndio em Vale S. Martinho provoca dois feridos

Um incêndio num anexo de uma habitação em Vale S. Martinho, mais precisamente na rua Eça de Queirós, provocou dois...

Paíshá 20 horas

Gasóleo desce três cêntimos e gasolina 1,5 cêntimos a partir de segunda-feira

Ao fim de seis semanas de ganhos, os preços dos combustíveis vão finalmente descer na próxima semana. O gasóleo, o combustível mais...

Barceloshá 21 horas

Barcelos: Trabalhador cai de altura de nove metros e fica em estado grave

Um homem ficou em estado grave, este sábado, na sequência de uma queda de nove metros de um edifício em...

Famalicãohá 23 horas

Associação Famalicão em Transição debate futuro das linhas de água e o Ecoparque de Cabeçudos

A Associação Famalicão em Transição retoma, este sábado, as “Conversas TeT – Território em Transição”, com o tema “Que futuro...

Regiãohá 24 horas

Neve cobre de branco e beleza várias localidades

É verdade que falta pouco mais de um mês para a chegada da Primavera. Mas, esta sexta-feira e sábado a...

Famalicãohá 24 horas

Famalicão: Atropelamento em Joane provoca ferimentos em mulher de 70 anos

Um atropelamento, na vila de Joane, Famalicão, provocou, este sábado, ferimentos a uma mulher de 70 anos. Não se sabe,...

Arquivo

Mais Vistos