Siga-nos nas redes

País

Mais de 1.000 enfermeiros desejaram emigrar em ano de pandemia

Publicado

em

Mais de 1.000 enfermeiros pediram a declaração para exercer no estrangeiro em 2020, um ano marcado pela pandemia e pela dificuldade em contratar estes profissionais em Portugal, anunciou hoje a Ordem dos Enfermeiros (OE).

No total, a 31 de dezembro de 2020, 1.230 Enfermeiros tinham pedido a declaração à OE para emigrar, um número que, apesar de ser inferior aos anos anteriores, a Ordem considerou “surpreendente por se tratar de um ano em que não houve desemprego na enfermagem em Portugal”.

(continue a ler o artigo a seguir)


Emissão em direto da Fama Rádio e Televisão também disponível na Smart tv da sua casa. Instale grátis!



No ano passado, licenciaram-se cerca de 2.700 enfermeiros em Portugal, adianta a Ordem dos Enfermeiros em comunicado.

“Estes Enfermeiros juntam-se aos mais de 20 mil que já se encontram no estrangeiro e que, apesar de desejarem regressar ao seu país, não o têm feito devido aos vínculos precários, nomeadamente os contratos de quatro meses que estão a ser oferecidos aos Enfermeiros desde o início da pandemia”, salienta.

Para a OE, “este é mais um sinal de alerta que deve levar o Governo a repensar a forma de contratação de enfermeiros e a encontrar mecanismos” para os fixar em Portugal, “numa altura em que toda a Europa se vê novamente confrontada com uma situação de caos nos serviços de Saúde devido à pandemia”.

A Ordem observa, a este propósito, que um dos principais destinos de enfermeiros portugueses atualmente é a Espanha, país que registou mais de dois milhões de infetados e 50 mil mortos.

Com 148 pedidos de certificados, Espanha ultrapassou o Reino Unido e a Suíça na lista de países que mais recebem enfermeiros portugueses.

“Também se nota um aumento de pedidos de recrutamento por parte de países como a Bélgica e a Alemanha, com propostas cada vez mais frequentes e vantajosas”, salienta.

Para a OE, o número de pedidos para emigrar é “muito preocupante e mostra que alguma coisa tem que mudar rapidamente em Portugal”.

Se isso não acontecer, adverte, corre-se “o risco de, muito em breve, não haver enfermeiros disponíveis” no país.

“Logo em março, a OMS alertou os países para encontrarem mecanismos de fixação de Enfermeiros, Portugal não o fez. Tornámo-nos o país que importa ventiladores e exporta enfermeiros”, alerta a bastonária da OE, Ana Rita Cavaco, citada no comunicado.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.934.693 mortos resultantes de mais de 90,1 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 7.925 pessoas dos 489.293 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Publicidade Publicidade

LER JORNAL

pub

Artigos Recentes

Paíshá 2 horas

Portugueses gastaram 966 milhões de euros nos super e hipermercados em janeiro

Os portugueses gastaram 966 milhões de euros nos super e hipermercados em janeiro, mas é o valor mais baixo dos...

Famalicãohá 3 horas

Famalicão: Segunda-feira com previsão de chuva durante todo o dia

Famalicão espera, esta segunda-feira, mais um dia marcado pela chuva, com previsão de precipitação ao longo de todo o dia,...

Desportohá 4 horas

Atletas da EARO somaram troféus no Campeonato Regional de Corta-Mato Curto de Vizela.

A Escola de Atletismo Rosa Oliveira participou no sábado, dia 2 de março, no Campeonato Regional de Corta-Mato Curto em...

Paíshá 5 horas

A neve “pintou” as paisagens de Melgaço

Não caiu com tanta intensidade como no fim de semana passado, mas voltou a pintar as paisagens de Lamas de...

Paíshá 5 horas

Eleições Legislativa: Mais de 200 mil portugueses votam hoje em mobilidade

São menos do que nas legislativas de 2022 (315.785 inscritos), mas muito superior aos inscritos nas legislativas de 2019 (56.291)....

Sociedadehá 6 horas

Já estão escolhidos os finalistas do Festival da Canção 2024 e entre eles está uma famalicense

A famalicense, Cristina Clara, apurou-se no sábado, para a final do Festival da Canção, em Lisboa. A segunda semifinal do...

Economiahá 6 horas

Em Portugal o mercado automóvel está em crescimento

No período entre janeiro e fevereiro, o mercado automóvel em Portugal apresentou um crescimento significativo de 17,5% em comparação com...

Paíshá 7 horas

GNR regista aumento de burlas informáticas e fraude bancária

No ano passado, a GNR registou um total de 21.548 casos de burlas, representando um aumento em relação a 2022,...

Famalicãohá 1 dia

Famalicão: Refood dá a conhecer trabalho desenvolvido no combate ao desperdício alimentar

O núcleo de Famalicão da  Refood, associação que combate o desperdício alimentar e ao mesmo tempo alimenta as pessoas mais...

Famalicãohá 1 dia

Famalicão: Exposição de fotografia mostra aves de Ribeirão 

É inaugurada este domingo, dia 3 de março, nas Piscinas de Ribeirão, Famalicão,  a exposição de fotografia “Ao encontro das...

Arquivo

Mais Vistos