Siga-nos nas redes

País

António Costa: Uma crise política “é um cenário que não me passa pela cabeça”

Publicado

em

Encarando com tranquilidade o desenvolvimento da legislatura, o primeiro-ministro, António Costa, rejeita qualquer cenário de crise política em Portugal, e diz que a tarefa principal é combater a pandemia de covid-19 e recuperar a economia.

“Ninguém compreende que no momento em que estamos a fazer uma luta enorme para conter a pandemia, para tratar as pessoas que estão doentes, para evitar mais mortes, para segurar as empresas, para segurar os empregos, para proteger os rendimentos, alguém se ponha agora a abrir crises políticas. É um cenário que a mim não me passa pela cabeça”, afirma o primeiro-ministro, numa entrevista à agência Lusa, a propósito da presidência portuguesa da União Europeia.

(continue a ler o artigo a seguir)


Emissão em direto da Fama Rádio e Televisão também disponível na Smart tv da sua casa. Instale grátis!



António Costa questiona, aliás, quem poderia ter interesse em criar uma crise, considerando que quem o fizer será penalizado.

“Aquilo, aliás, que nós podemos constatar é que todos os partidos que quiseram dificultar a aprovação do Orçamento do Estado para 2021, a fazer fé em todas as sondagens, e não podem estar todas erradas, todos eles estão a ser penalizados pelos portugueses”, refere.

Apesar disso, o primeiro-ministro recusa que se possa inferir que havendo uma recuperação económica, isso se possa traduzir em ganhos de popularidade para o Governo.

“Ninguém pode dizer isso. Nós estamos a viver uma crise de tal dimensão, de tal forma excecional, que eu acho que nenhum governo ou nenhum agente político deve pôr-se a fazer cálculos de como vai ser a evolução política, porque isso é absolutamente imprevisível”, declara.

Para António Costa, o país tem vivido num quadro de estabilidade, com o Governo a funcionar normalmente e sem “nenhuma crise à vista”.

“Portanto, acho que podemos encarar com tranquilidade aquilo que é o trabalho que temos para desenvolver ao longo da legislatura”, destaca.

E acrescenta: “para além da pandemia, há o esforço de recuperação económica que tem que arrancar, agora em 2021, e que tem que ser acelerado”.

Segundo o primeiro-ministro, num contexto de dificuldade de concretização do programa de recuperação, “qualquer descontinuidade só vai complicar a execução” do mesmo, “porque todos os compromissos vão ter que ser assumidos até 2023”.

“A execução pode-se estender até 2026, mas os compromissos têm que ser assumidos até 2023. Portanto, não temos aqui tempo a perder com crises políticas, temos que nos focar muito claramente naquilo que, do nosso ponto de vista, a nossa prioridade é muito clara: conter a pandemia, recuperar a economia. É nisso que nos vamos centrar no próximo ano”, conclui.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Publicidade Publicidade

LER JORNAL

pub

Artigos Recentes

Famalicãohá 9 horas

Famalicão: Festival de Teatro Amador “Terras de Camilo” estreia nova edição este sábado

De 2 de março a 27 de abril, o auditório do Centro de Estudos Camilianos, em Seide, volta a receber...

Famalicãohá 11 horas

Famalicão sob Aviso Amarelo: Rajadas de vento de 75 km/h e chuva este sábado

Depois de registada alguma chuva nos últimos dias, o concelho de Famalicão espera um sábado com agravamento das condições meteorológicas,...

Trofahá 12 horas

Feira anual da Trofa é já uma referência no norte do país

Realiza-se este fim de semana a já tradicional Feira Anual da Trofa. São esperadas milhares de pessoas, neste certame que...

Famalicãohá 12 horas

Famalicão: Atropelamento rodoviário na Avenida Marechal Humberto Delgado faz um ferido

Uma pessoa ficou ferida na manhã desta sexta-feira, na sequência de um atropelamento rodoviário na Avenida Marechal Humberto Delgado, no...

Famalicãohá 13 horas

Famalicão: CITEVE e Braz Costa destacados como “rostos” da inovação e sucesso da indústria têxtil no concelho

Duas décadas depois, o atual diretor-geral do Centro Tecnológico Têxtil e Vestuário- CITEVE, com sede em Vila Nova de Famalicão,...

Famalicãohá 15 horas

Famalicão: Campo de férias “Páscoa Aventura” decorre entre 25 e 28 de março

De 25 a 28 de março decorre o campo de férias “Páscoa Aventura”, uma iniciativa dinamizada pelo Município de Vila...

Desportohá 16 horas

Famalicão: Alunos da Academia Louro Kids brilham no Campeonato Regional de Jiu-Jitsu

Os alunos da EB Lml Louro destacaram-se em Vizela, este sábado, no Campeonato Regional de Jiu-Jitsu Sistema de Luta onde...

Famalicãohá 17 horas

Famalicão: Serviços Municipais já destruíram mais de 8 mil ninhos de vespa asiática

Os Serviços Municipais de Proteção Civil (SMPC) de Vila Nova de Famalicão destruíram, ao longo da última década, mais de...

Economiahá 17 horas

Nova semana traz aumento no preço da gasolina mas gasóleo fica mais barato

Os preços dos combustíveis mais utilizados seguem tendências distintas já na próxima segunda-feira, assim indicam as previsões do setor, nesta...

Famalicãohá 18 horas

Famalicão: Casa do Território expõe “10 anos de tesouros” arqueológicos

Uma parte de uma Ara (altar romano), utensílios da Idade do Bronze, o chão de uma lareira do Castro de...

Arquivo

Mais Vistos