Siga-nos nas redes

Famalicão

Atualização/Famalicão: Defesa vai mostrar que professor de Moral não cometeu qualquer crime e que utilizou apenas “métodos de ensino universais”

Publicado

em

A defesa de um professor de Educação Moral numa escola de Vila Nova de Famalicão, distrito de Braga, e também encenador de teatro, acusado de abusar sexualmente de 15 alunas menores, reiterou hoje a inocência do seu constituinte.

“A defesa de Fernando Silvestre, na altura da produção da sua prova, vai demonstrar que o acusado não cometeu qualquer ilícito criminal de abuso de menores ou outro. E que o seu método de ensino de teatro é universal e não contém qualquer abuso ou distorção, sendo utilizado em todo o mundo civilizado”,disse a advogada do arguido aos jornalistas, à saída do Tribunal de Guimarães, após a primeira sessão de julgamento, que decorre à porta fechada.

(continue a ler o artigo a seguir)


Emissão em direto da Fama Rádio e Televisão também disponível na Smart tv da sua casa. Instale grátis!



Questionada sobre o facto de o arguido, ao contrário do que aconteceu na fase de instrução, se remeter ao silêncio no início do julgamento, Patrícia Cipriano respondeu que é um direito que, legalmente, assiste ao seu cliente.

Independentemente de optar por, nesta fase, não prestar declarações perante o coletivo de juízes, a advogada referiu que o seu constituinte mantém a posição de que é inocente, continuando a achar que está a ser alvo de uma cabala por parte “de um grupo de pessoas”.

“E nós demonstraremos isso”, afirmou a advogada do arguido.

O coletivo de juízes determinou que o julgamento se realizasse à porta fechada, tendo em conta os crimes de cariz sexual em causa.

O arguido, à data dos factos docente de Educação Moral e Religião Católica na Escola Secundária Camilo Castelo Branco, em Vila Nova de Famalicão, está acusado de 87 crimes de abuso sexual de menores dependentes, sendo as vítimas 15 alunas com idades entre os 14 e os 17 anos.

Segundo a acusação do Ministério Público (MP), entretanto confirmada por um juiz em sede de fase de instrução, os crimes terão sido cometidos essencialmente durante os ensaios da companhia de teatro O Andaime, que o arguido criou naquela escola e de que era encenador.

Outros abusos terão acontecido durante aulas de Moral e numa deslocação a um festival de teatro em Penafiel.

Na instrução, fase facultativa que visa decidir por um juiz de instrução criminal se o processo segue e em que moldes para julgamento, o arguido negou tudo, alegando que em causa estará uma “cabala” montada por um grupo de alunas que se sentiram “rejeitadas ou trocadas” enquanto atrizes e que, desta forma, querem vingar-se com acusações infundadas.

A juíza de instrução criminal decidiu, contudo, levar o arguido a julgamento, pois considerou haver prova “robusta” de que terá cometido “inúmeros atos atrozes”, aludindo mesmo a alguns casos de “gravidade extrema” e considerando que a tese de cabala “é completamente descabida”.

Na decisão instrutória, a juíza sustenta ainda que o arguido “era uma figura idolatrada e adorada” por todos quantos frequentavam as suas aulas de teatro.

“Não podemos esquecer que, na adolescência, vemos os professores como um modelo a seguir. Confiamos nos seus ensinamentos. Por isso, foi tão fácil ao arguido a prática reiterada destes abusos, que foram auxiliados pela posição que ocupava e pelo modo como as alunas o viam. Numa altura em que se carregam todos os sonhos do mundo, estas meninas sonhavam em ser atrizes e tinham alguém de confiança que as inspirava e que as fazia sonhar”, lê-se na decisão instrutória.

Para a juíza, o arguido aproveitou-se desse sonho para manipular as alunas.

O docente foi alvo de um processo disciplinar por parte da Inspeção Geral de Educação e Ciência, de que resultou a sua suspensão preventiva entre 04 de fevereiro e 17 de junho de 2019.

Depois disso retomou a atividade mas, em finais de outubro de 2022, e segundo disse na ocasião o Ministério da Educação, “foi afastado da escola, enquanto se aguardam as decisões” dos processos disciplinar e judicial em curso.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Publicidade Publicidade

LER JORNAL

pub

Artigos Recentes

Famalicãohá 29 minutos

Famalicão: Refood dá a conhecer trabalho desenvolvido no combate ao desperdício alimentar

O núcleo de Famalicão da  Refood, associação que combate o desperdício alimentar e ao mesmo tempo alimenta as pessoas mais...

Famalicãohá 2 horas

Famalicão: Exposição de fotografia mostra aves de Ribeirão 

É inaugurada este domingo, dia 3 de março, nas Piscinas de Ribeirão, Famalicão,  a exposição de fotografia “Ao encontro das...

Famalicãohá 2 horas

Famalicão: incêndio provoca danos materiais num armazém em Joane

Um incêndio provocou, na manhã deste sábado, danos materiais num armazém na vila de Joane, mais concretamente na Avenida Sr....

Paíshá 2 horas

Comboios: foi desconvocada a greve da Infraestruturas de Portugal

A greve dos trabalhadores da Infraestruturas de Portugal (IP) prevista para as próximas terça e quinta-feira foi desconvocada. “A Infraestruturas...

Famalicãohá 4 horas

Famalicão: PS e autarca da UF de Ruivães e Novais “aquecem” sessão da Assembleia Municipal

O presidente da Junta da União de Freguesias (UF) de Ruivães e Novais e a bancada do Partido Socialista envolveram-se...

Paíshá 5 horas

Na próxima semana há nova greve nos comboios. Previstas fortes perturbações para os utentes

Na próxima semana, esperam-se problemas na circulação dos comboios em Portugal Em causa está a greve marcada pelos trabalhadores da...

Famalicãohá 6 horas

Famalicão: Inteligência Artificial é tema para mais uma das Conferências em Educação  

A Escola Padre Benjamim Salgado, em Joane, Famalicão, é o palco para a próxima sessão do Ciclo de Conferências em...

Desportohá 6 horas

Hóquei: FAC e RHAC disputam 19º jornada do campeonato nacional da I Divisão 

Realiza-se, este fim de semana, a 19º jornada do campeonato nacional da I Divisão em Hóquei em Patins. Hoje, sábado,...

Famalicãohá 6 horas

Luís Montenegro encontra-se com jovens em Famalicão este sábado

Luís Montenegro regressará a Famalicão hoje. sábado, para um encontro com jovens de todo o concelho.   O líder da Aliança...

Famalicãohá 19 horas

Famalicão: Festival de Teatro Amador “Terras de Camilo” estreia nova edição este sábado

De 2 de março a 27 de abril, o auditório do Centro de Estudos Camilianos, em Seide, volta a receber...

Arquivo

Mais Vistos