Siga-nos nas redes

Famalicão

Famalicão: A oitava autarquia que mais dinheiro gastou com a pandemia em Portugal

Publicado

em

Este artigo está também disponível em formato Podcast:

Vila Nova de Famalicão foi o segundo município da região Norte e o oitavo do país que, entre março e setembro de 2020, mais investiu em ações de combate e prevenção à Covid-19, aplicando quase três milhões de euros nesse sentido.

(continue a ler o artigo a seguir)


Emissão em direto da Fama Rádio e Televisão também disponível na Smart tv da sua casa. Instale grátis!



O relatório “Impacto das medidas adotadas no âmbito da COVID-19 nas entidades da Administração Local do Continente” apresentado este mês pelo Tribunal de Contas, em que se procedeu à analise “do regime excecional de contratação pública, de autorização da despesa e das medidas para promover e garantir a capacidade de resposta das autarquias locais no âmbito da pandemia”, bem como à análise dos “dados da despesa relacionada com a Covid-19 reportados pelas autarquias locais”.

Vila Nova de Famalicão é apenas superado na região Norte, pelo município de Vila Nova de Gaia, numa lista é liderada pelos concelhos de Cascais e Lisboa, a nível nacional.

De acordo com o estudo, as autarquias locais gastaram mais de 166 milhões de euros em despesas relacionadas com o combate à pandemia.


Entre a despesa comunicada pelo município famalicense está, por exemplo, a aquisição de equipamentos de proteção individual; os custos assumidos com a realização de testes à população, nomeadamente aos funcionários e ao universo de residentes em lares de idosos, unidades de cuidados continuados e lares residenciais de apoio à deficiência; a aquisição de computadores e outros materiais informáticos para permitir o ensino à distância, entre outros.


Os esforços da autarquia chegaram também às famílias famalicenses através das transferências correntes. Recorde-se que, devido ao contexto pandémico, em abril do ano passado a autarquia decidiu reforçar a área social no orçamento do município com uma verba de cerca de dois milhões de euros para garantir as respostas necessárias à previsível crise social e económica.

Com vários apoios às famílias anunciados em março, no âmbito do Plano de Reação à Situação Epidémica e de Intervenção Social e Económica COVID-19, estão por exemplo a comparticipação extraordinária das rendas com a habitação, a abertura de um período excecional de candidaturas para obtenção de bolsas de estudo, a redução da fatura da água para todos os famalicenses, entre outras.


Para o presidente da Câmara Municipal de Famalicão, os dados revelados pelo relatório do Tribunal de Contas revelam bem o esforço que a autarquia famalicense tem feito no atual contexto em que vivemos.
“Os apoios que até agora foram lançados em Famalicão continuam à disposição de todos os famalicenses. Vamos estar sempre atentos e continuar a fazer o que for preciso para estarmos à altura das circunstâncias particularmente difíceis em que vivemos”, referiu Paulo Cunha, apelando aos famalicenses para que “vejam na Câmara Municipal um parceiro e um agente institucional disponível e comprometido com a comunidade”.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Publicidade Publicidade

LER JORNAL

pub

Artigos Recentes

Paíshá 4 horas

Portugueses gastaram 966 milhões de euros nos super e hipermercados em janeiro

Os portugueses gastaram 966 milhões de euros nos super e hipermercados em janeiro, mas é o valor mais baixo dos...

Famalicãohá 5 horas

Famalicão: Segunda-feira com previsão de chuva durante todo o dia

Famalicão espera, esta segunda-feira, mais um dia marcado pela chuva, com previsão de precipitação ao longo de todo o dia,...

Desportohá 7 horas

Atletas da EARO somaram troféus no Campeonato Regional de Corta-Mato Curto de Vizela.

A Escola de Atletismo Rosa Oliveira participou no sábado, dia 2 de março, no Campeonato Regional de Corta-Mato Curto em...

Paíshá 7 horas

A neve “pintou” as paisagens de Melgaço

Não caiu com tanta intensidade como no fim de semana passado, mas voltou a pintar as paisagens de Lamas de...

Paíshá 8 horas

Eleições Legislativa: Mais de 200 mil portugueses votam hoje em mobilidade

São menos do que nas legislativas de 2022 (315.785 inscritos), mas muito superior aos inscritos nas legislativas de 2019 (56.291)....

Sociedadehá 8 horas

Já estão escolhidos os finalistas do Festival da Canção 2024 e entre eles está uma famalicense

A famalicense, Cristina Clara, apurou-se no sábado, para a final do Festival da Canção, em Lisboa. A segunda semifinal do...

Economiahá 9 horas

Em Portugal o mercado automóvel está em crescimento

No período entre janeiro e fevereiro, o mercado automóvel em Portugal apresentou um crescimento significativo de 17,5% em comparação com...

Paíshá 9 horas

GNR regista aumento de burlas informáticas e fraude bancária

No ano passado, a GNR registou um total de 21.548 casos de burlas, representando um aumento em relação a 2022,...

Famalicãohá 1 dia

Famalicão: Refood dá a conhecer trabalho desenvolvido no combate ao desperdício alimentar

O núcleo de Famalicão da  Refood, associação que combate o desperdício alimentar e ao mesmo tempo alimenta as pessoas mais...

Famalicãohá 1 dia

Famalicão: Exposição de fotografia mostra aves de Ribeirão 

É inaugurada este domingo, dia 3 de março, nas Piscinas de Ribeirão, Famalicão,  a exposição de fotografia “Ao encontro das...

Arquivo

Mais Vistos