Siga-nos nas redes

Economia

Vendas a retalho e restauração registam perda de 76% durante o fim de semana

Publicado

em

Perdas que rondam os 76% foram contabilizadas, durante este fim de semana, pela Associação de Marcas de Retalho e Restauração, que considera este saldo “catastrófico” para o setor.

Numa nota divulgada a associação explica que “terminou ontem (domingo) o primeiro fim de semana com recolher obrigatório entre as 13:00 e as 05:00 em 114 concelhos do país, decretado pelo Governo ao abrigo do mais recente estado de emergência e, segundo os dados recolhidos junto das mais de 3.500 lojas associadas da AMRR, as perdas são vertiginosas”, sublinham.

(continue a ler o artigo a seguir)


Emissão em direto da Fama Rádio e Televisão também disponível na Smart tv da sua casa. Instale grátis!



A AMRR ressalva que “embora as medidas decretadas tenham afetado mais os municípios com recolher obrigatório, as perdas superiores ao habitual foram sentidas em todos”, acrescentando que teme que no próximo fim de semana, “com o aumento para 191 dos concelhos com recolher obrigatório, as perdas sejam ainda mais elevadas”, sendo que “há já muitos lojistas a pensarem se valerá a pena abrir portas”.

“Foi um fim de semana catastrófico para o retalho e restauração, que vem fragilizar ainda mais as empresas destes setores. Recordo que são mais de 375.000 empregos suportados por estas indústrias e, sem apoios concretos e decisivos, e ainda sem nos deixarem abrir as portas para trabalharmos, muitas serão obrigadas a fechar portas e a mandar pessoas para o desemprego”, diz Miguel Pina Martins, presidente da AMRR, citado na mesma nota.

O dirigente associativo compreende “o esforço feito em controlar a pandemia nesta fase”, mas, alerta, “é preciso olhar para as medidas com muito cuidado, uma vez que a redução de horários de funcionamento de lojas e restaurantes leva inevitavelmente a maiores concentrações e aglomerados no curto espaço de tempo em que estão abertas”.

Segundo Miguel Pina Martins, “um horário mais alargado permite um fluxo de pessoas mais espaçado no tempo, para que todos possam visitar as suas lojas e restaurantes com maior segurança”.

O presidente da AMRR lembra ainda que “o tema das rendas é essencial”.

“O que pretendemos é que haja justa e equitativa repartição de sacrifícios. Estamos certos que os partidos políticos não se deixarão condicionar por pressões dos grandes fundos imobiliários e adotarão, em sede de discussão da Assembleia da República, a posição patriótica e que melhor defende a economia e o emprego, permitindo a manutenção de milhares de postos de trabalho”, concluiu.

PARTILHE ESTE ARTIGO:
Publicidade Publicidade

LER JORNAL

pub

Artigos Recentes

Famalicãohá 12 horas

Aviso Amarelo por previsão de queda de neve no distrito de Braga

 O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) emitiu hoje avisos de queda de neve para 10 distritos do...

Desportohá 14 horas

FC Famalicão: Ninguém “respira” até alcançar nova vitória frente ao Arouca. JP Sousa lidera um plantel “super confiante e motivado”

O treinador do Famalicão reforçou hoje a necessidade de manter, frente ao Arouca, o registo de vitória, e disse que...

Famalicãohá 15 horas

Famalicão espera fim de semana de chuva. “Máximas” entre os 12.º e 13.º graus

Famalicão espera um fim de semana de chuva e com temperaturas significativamente mais baixas do que as registadas na última...

Famalicãohá 15 horas

Imigrantes procuram uma vida melhor em Famalicão

Os dados mais recentes datam de 2020 e apontam para a existência de cerca de 2.500 estrangeiros em Famalicão com...

Desportohá 16 horas

A febre do Padel! As melhores cidades portuguesas para os amantes da modalidade

Experimente a adrenalina do padel como nunca antes!   Foto: © Manuel pappacena, via unsplash No estimulante mundo do desporto,...

Famalicãohá 16 horas

Famalicão: Despiste na A3 em Cruz faz dois feridos

Duas pessoas ficaram feridas, na tarde desta quinta-feira, na sequência do despiste de um veículo de transporte de mercadorias, na...

Famalicãohá 17 horas

Câmara de Famalicão vai reforçar a iluminação pública no Campo da feira

A Câmara de Famalicão vai avançar com uma intervenção do campo da feira que prevê o reforço da iluminação pública,...

Desportohá 17 horas

Jogos da I Liga homenageiam trabalho de vida de Artur Jorge falecido aos 78 anos

Os jogos de hoje de Benfica, Sporting de Braga e Sporting na Liga Europa de futebol terão um tributo ao...

Desportohá 18 horas

Roteiro Associativo com a 365 Running Project

Esta semana, os nossos convidados representam a Associação de Desporto e Aventura 365 Running Project, uma associação dedicada ao trail...

Famalicãohá 19 horas

Famalicão: Festival de Teatro Amador “Terras de Camilo decorre entre 02 de março e 27 de abril

O Centro de Estudos Camilianos, em Seide, recebe o XVII Festival de Teatro Amador “Terras de Camilo”, entre os dias...

Arquivo

Mais Vistos